Loading

Pesquisar

SERGIPE

Estado inicia programa de melhoramento genético de caprinos e ovinos

A meta é inseminar e obter 300 prenhezes por ano, durante quatro anos

08 de jul de 2024

Programa é considerado a maior iniciativa gratuita de melhoramento genético do Brasil.

Redação Scriptum com Governo de Sergipe

Os pequenos produtores de ovinos e caprinos que estejam em plena atividade pecuária e residam no mesmo município da propriedade já podem contar com o Programa Mais Genética no Sertão, lançado pelo Governo de Sergipe, administrado por Fábio Mitidieri (PSD), na sexta-feira (5), no município de Porto da Folha, no alto sertão sergipano. A meta é inseminar e obter 300 prenhezes por ano, durante quatro anos.

O projeto é realizado por meio de uma parceria entre a Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri), a Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro) e a Confederação Nacional de Agricultores Familiares e Empreendedores Familiares Rurais (Conafer) e visa a facilitar a chegadas da biotecnologia reprodutiva para melhoramento do rebanho de caprinos e ovinos, por meio da Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF).

De acordo com o secretário de Estado da Agricultura, Zeca Ramos da Silva, esse programa em parceria com a Conafer é considerado a maior iniciativa gratuita de melhoramento genético do Brasil. “Nos últimos anos, temos alcançado um resultado muito bom na melhoria genética do rebanho bovino de corte e leite. Agora, ampliamos essa possibilidade para os criadores de ovinos e caprinos que vão melhorar a qualidade do rebanho e alcançar melhoria econômica familiar”, pontua o secretário.

A Emdagro, empresa de assistência técnica executora do programa, estima que existe em Sergipe um rebanho de 56 mil caprinos e 493 mil ovinos concentrados no semiárido sergipano. O presidente da empresa, Gilson dos Anjos, destaca que o programa vai ampliar o rebanho desses animais. “Nossa expectativa é ampliar em quantidade e qualidade, como vem acontecendo com os bovinos. A técnica de inseminação IATF é levada por nossa equipe técnica do governo estadual gratuitamente”, ratifica o presidente.

Informações Partidárias

Notícias