Loading

Pesquisar

Senado

Irajá comemora avanço em construção de hidrovia

Senador do PSD do Tocantins comemorou a inclusão do projeto da Hidrovia do Arco Norte no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), do governo federal

10 de jul de 2024

O senador Irajá: Arco Norte será um “marco no desenvolvimento da infraestrutura de transporte do Brasil”.

Redação Scriptum com Agência Senado

O senador Irajá (PSD-TO) comemorou nesta terça-feira (9), em pronunciamento no plenário do Senado Federal, a inclusão da Hidrovia do Arco Norte no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), do governo federal. O PPI tem como objetivo atrair investimentos privados para projetos de infraestrutura. De acordo com o parlamentar, quando for concluída, a Arco Norte — que abrange os Estados de Goiás, Tocantins, Bahia, Mato Grosso, Maranhão e Pará — será um “marco no desenvolvimento da infraestrutura de transporte do Brasil”.

Irajá ressaltou que o projeto é essencial para o escoamento de grãos, fertilizantes e minérios desde a região Centro-Oeste até o Pará, para reduzir os custos de transporte e aumentar a competitividade no mercado internacional. “O projeto permitirá que o Brasil tenha um Mississippi brasileiro. Assim como os Estados Unidos, que transportam mais de 80% de sua produção de grãos através da hidrovia do Rio Mississippi, o Brasil também terá a oportunidade de desenvolver uma via de transporte fluvial equivalente.”

De acordo com Irajá, “a construção e a operação da hidrovia gerarão milhares de empregos diretos e indiretos, promovendo renda e melhorando a qualidade de vida da população, além de propiciar um meio de transporte mais responsável e racional do ponto de vista ambiental”. Ainda segundo o senador, a inclusão da hidrovia no PPI demonstra o compromisso do governo federal com a modernização e a ampliação dos investimentos estratégicos.

Ele enfatizou que a obra vai permitir o escoamento de cerca de 40 milhões de toneladas de commodities, entre os rios Tocantins e Araguaia e o porto Vila do Conde, no Pará, o que diminuirá o fluxo de caminhões nas estradas. “A Comissão de Infraestrutura do Senado Federal aprovou uma emenda, de minha autoria, no valor de R$ 1,1 bilhão para a obra. Essa emenda é mais uma prova do nosso comprometimento em tirar essa obra do papel, tornando-a uma grande realidade e um grande sonho de milhões e milhões de brasileiros que estão ali desbravando a região do Matopiba, que compreende os Estados do Maranhão, do Piauí, do Tocantins, da Bahia e do Pará.”

Informações Partidárias

Notícias