Loading

Pesquisar

ELEIÇÕES 2022

Kalil defende foco maior nos investimentos sociais

Para o pré-candidato do PSD ao Governo de Minas Gerais, é preciso investir em programas de transferência de renda e entrega de cestas básicas. “Não pode deixar o povo passando fome”, disse

23 de maio de 2022

O ex-prefeito Alexandre Kalil defendeu medidas como programas de transferência de renda e a entrega de cestas básicas

Redação Scriptum com jornal Estado de Minas

O pré-candidato do PSD ao governo de Minas Gerais, ex-prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil, criticou na segunda-feira (23) a ausência de ajuda à população em situação de vulnerabilidade social. “Se não tiver emprego, não pode deixar o povo passando fome. Não pode comer sopa de osso, cozinhar no fogão a lenha ou se queimar com álcool. Não se pode ver uma criança sem um pedaço de carne para comer”, disse, durante participação no “Em Entrevista”, podcast do jornal Estado de Minas e do Portal Uai.

Ele defendeu medidas como programas de transferência de renda e a entrega de cestas básicas. “Sou humano e tenho coração. Isso me torna um político um pouco melhor. O bom político é o que cuida da pobreza”, pontuou. “Tem que falar da cervejinha, sim. É importante ir para a laje e queimar uma carne.”

Kalil negou ainda, durante a entrevista, qualquer participação, como prefeito, no processo que levou à autorização, pelo governo estadual, de um projeto de mineração na Serra do Curral, dentro dos limites da capital mineira. “Isso é canalha, é muito cafajeste. Esse assunto (mineração) não passou na porta da Prefeitura. Nunca. Não estava nem autorizado e nem sendo votado no Conselho Estadual de Política Ambiental (Copam)”, declarou.

Informações Partidárias

Notícias