Loading

Pesquisar

MUNICÍPIOS

Paes assina projeto para renovar o São Januário

De acordo com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), obras de renovação do estádio do Vasco da Gama serão facilitadas com transferência do potencial construtivo para a Barra da Tijuca

07 de nov de 2023

Prefeito Eduardo Paes assinou projeto que pretende permitir o custeio das obras no estádio, transferindo o potencial construtivo da área para a Barra da Tijuca.

Edição Scriptum

Um dos mais tradicionais clubes de futebol do Rio de Janeiro, o Vasco está mais próximo de realizar o projeto de renovação de seu estádio e oferecer mais conforto e segurança à sua torcida. Inaugurado em 21 de abril de 1927, o maior estádio particular do Estado, conhecido por São Januário, tem legalmente interesse histórico, cultural, desportivo e social para o município. Sua fachada, em estilo neocolonial, é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

Na terça-feira (7), o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), assinou o projeto que pretende permitir o custeio das obras no estádio, transferindo o potencial construtivo da área para a Barra da Tijuca. Pelas redes sociais, Paes afirmou que os outros clubes cariocas também podem contar com o apoio da Prefeitura para viabilizar processos similares.

De acordo com o prefeito, “o que a gente está fazendo é pegando o potencial construtivo de São Januário, que poderia se construir ali, e levando para outra área da cidade, na Barra da Tijuca. Isso permite viabilizar recursos para a construção do novo estádio. A gente está numa negociação com o Fluminense também, o Botafogo já está lá com o Engenhão, e estamos aberto aqui para o Flamengo, para ajudar os clubes do Rio de Janeiro a chegarem lá. Hoje é um momento especial, o meu Vascão finalmente podendo ter um estádio digno da sua dimensão e seu tamanho”.

O projeto de lei será encaminhado para a Câmara Municipal carioca, e o presidente da casa, vereador Carlo Caiado, também do PSD, decide aceitar ou não. Caso seja aprovado, a proposta será analisada pelas comissões da Câmara e, se aprovada, será encaminhada para votação.

Informações Partidárias

Notícias