Loading

Pesquisar

PSD MULHER

Programa de formação reúne mulheres em Santa Catarina

Atividade contou com pré-candidatas a prefeitas e vereadoras e trouxe conteúdo formativo e troca de experiências

27 de nov de 2023

Entre os temas abordados, a construção de políticas públicas enfrentamento a temas como violência de gênero

Santa Catarina teve neste sábado (25) mais uma etapa do programa “Formação e participação da mulher na política/Insper”, parceria do PSD Mulher com a instituição de ensino e pesquisa, uma das mais relevantes do país. A atividade, em um hotel em Florianópolis, capital do estado, reuniu militantes do PSD de todas as regiões de Santa Catarina, como o Oeste Catarinense, região do Alto Vale Catarinense e outras.

Entre os temas de formação disponibilizados às filiadas do PSD-SC, estiveram a construção de políticas públicas por mulheres e para mulheres e também enfrentamento a temas como violência de gênero convencional e violência de gênero de recorte político.

Segundo Marlene Fengler, secretária-geral do PSD de Santa Catarina, ao menos metade das mulheres que participaram do encontro avaliam a participação no próximo ciclo eleitoral, em 2024, como candidatas a prefeita ou vereadora.

Compareceram mulheres de cidades como Chapecó, Alto Bela Vista, São Miguel do Oeste, Criciúma, São José, além de Florianópolis, e a secretária-geral do PSD-SC informou que o partido estuda a realização de novas atividades de formação em outras regiões do estado.

“É preciso destacar em primeiro lugar em uma atividade como esta, para além do grande papel de formação, que é uma oportunidade de encontro e troca de experiências de mulheres de várias regiões”, afirmou Marlene, que é suplente na Câmara dos Deputados.

A secretária-geral do PSD-SC pontuou que a formação que o curso traz é “imprescindível”. “As participantes manifestaram muita satisfação com discutir construção de políticas públicas e também a importância e a forma de a mulher buscar mais espaços na política”, disse. “E é obviamente fundamental para nós que tenhamos cada vez mais mulheres atuando e querendo participar”, concluiu.

As atividades de formação, em conteúdo desenvolvido em parceria entre o Insper e o PSD foram coordenadas pela professora Beatriz Rodrigues Sanchez, que é cientista política.

Alda Marco Antonio, coordenadora nacional do PSD Mulher, lembrou que o partido vem apostando em levar a formação aos estados, e já promoveu atividades com a instituição de ensino na Bahia, Rio de Janeiro, Ceará e Paraíba. “É dever nosso e compromisso não só do PSD Mulher, como do partido no seu todo, conforme orientação do presidente Gilberto Kassab, incrementar a presença da mulher na política e nos espaços de poder, de forma qualificada”, afirmou.

“O evento em Santa Catarina demonstrou a força do PSD Mulher. As fortes chuvas que ocorrem em todo o Estado, impuseram muitas dificuldades nos deslocamentos de militantes de várias regiões, mas esses obstáculos foram superados e o Programa aconteceu com o mesmo interesse e alegria, como têm ocorrido em outras partes do país. Quero dar os parabéns à coordenadora Marlene Fengler e a todas as que participaram”, completou.

Informações Partidárias

Notícias