Loading

Pesquisar

MUNICÍPIOS

Rio chega a R$ 2,1 bilhões investidos contra as chuvas

O prefeito Eduardo Paes (PSD) diz que, apesar de todos os investimentos que vêm sendo feitos, é preciso ter consciência de que efeitos das mudanças climáticas estão se tornando mais severos

16 de nov de 2023

Conjunto de iniciativas, que totalizou 308 ações neste governo, já rendeu ao município, em 2023, o recorde histórico de desassoreamento.

Edição Scriptum com Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), fez na quinta-feira (16) um balanço do trabalho realizado em sua gestão contra os impactos causados na cidade pelas chuvas fortes. E acrescentou um alerta: os efeitos das mudanças climáticas estão se tornando mais severos e, além do trabalho de prevenção realizado pelo poder público, é preciso também que a população participe do processo.

“É importante que as pessoas tenham clareza que esses efeitos climáticos mais severos, que sempre aconteceram no Rio de Janeiro, só têm aumentado. Ao longo da última década, tivemos um volume muito maior de chuva forte do que nas décadas anteriores. E neste ano, com o El Niño, há de novo a possibilidade de termos chuvas muito fortes”, disse.

Ele lembrou que “o papel que a população pode desempenhar é muito importante, basta acompanhar os alertas do Centro de Operações. O importante é que as pessoas evitem se deslocar pela cidade em caso de chuva muito forte. E aquelas que estão em área de risco entendam que a sirene serve para alertar a população. São dados objetivos, índice pluviométrico, características daquele solo, tempo de chuva. Nós precisamos e queremos salvar vidas na cidade”, afirmou.

Plano Verão

Com um investimento de R$ 2,1 bilhões, acumulados desde 2021, a Prefeitura do Rio apresentou o Plano Verão 2023/2024 com as principais ações preventivas adotadas para minimizar os impactos das chuvas na cidade e proteger os cariocas. O conjunto de iniciativas, que totalizou 308 ações neste governo, já rendeu ao município, em 2023, o recorde histórico de desassoreamento.

O Plano Verão 2023/2024 foi elaborado por mais de 30 órgãos municipais, incluindo secretarias, empresas públicas e subprefeituras. Contenção de encostas, programas de infraestrutura e aquisição de novas tecnologias, além do aprimoramento e efetividade da capacidade de resposta aos eventos, formam a base do conjunto de ações.

Informações Partidárias

Notícias