Loading

Pesquisar

Saúde

Rio investe R$ 850 milhões no hospital Souza Aguiar

Prefeito Eduardo Paes (PSD) assina o contrato da primeira Parceria Público-Privada (PPP) firmada no setor de saúde da capital fluminense; unidade tem a maior emergência pública da cidade

19 de out de 2023

Em 2022, o hospital registrou 9,6 mil internações, 7,8 mil cirurgias, 40 mil tomografias e 54,3 mil exames de raio X.

Redação Scriptum com Prefeitura do Rio de Janeiro

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), assinou nesta quinta-feira (19) o contrato da Parceria Público-Privada (PPP) que será responsável pela nova gestão do Complexo Hospitalar Souza Aguiar, que tem a maior emergência pública da capital fluminense. Realizada na modalidade concessão administrativa, a PPP foi leiloada em agosto, na sede da B3, em São Paulo. O consórcio Smart Hospital venceu o processo licitatório. Ao todo, serão cerca de R$ 850 milhões em investimentos, sendo R$ 530 milhões nos três primeiros anos do contrato, que terá duração de 30 anos. “Inauguramos um novo modelo, uma nova forma de fazer gestão. Não tem nada de privatização do Souza Aguiar. O que estamos fazendo é pegar diversos serviços terceirizados espalhados em mais de cem contratos. Colocamos num só contrato e teremos uma gestão organizada do hospital. Ao mesmo tempo, atraímos o recurso privado para investimentos”, afirma o prefeito.

O valor da proposta vencedora foi de R$ 191 milhões, o que representa um desconto de 2,5% em relação ao teto estabelecido pela prefeitura. O consórcio será responsável pela modernização, adequação de instalações prediais e prestação de serviços não assistenciais no Souza Aguiar, no Hospital Maternidade Maria Amélia Buarque de Hollanda e na Coordenação de Emergência Regional (CER) do Centro.

Não haverá alteração no atendimento médico, que continuará sob responsabilidade da Secretaria Municipal de Saúde. “É um grande investimento no principal hospital da cidade. Um complexo que tem uma maternidade, um grande centro de emergência e nossa central de regulação. Nossa expectativa é entregar o hospital todo reformado para a população do Rio de Janeiro em três anos. Teremos construções novas, aumento do centro cirúrgico e da capacidade de atendimento do hospital. Esperamos que o Souza Aguiar, que já é uma referência, seja o melhor hospital da América Latina nos próximos três anos”, disse o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz.

Em 2022, o hospital registrou 9,6 mil internações, 7,8 mil cirurgias, 40 mil tomografias e 54,3 mil exames de raio X. Localizado na região central da cidade, o Souza Aguiar atende milhares de pessoas não só da capital fluminense, mas de toda a Região Metropolitana e do interior do Estado.

Informações Partidárias

Notícias