Loading

Pesquisar

MUNICÍPIOS

Rio recebe ônibus que reduzem em até 80% a poluição

O prefeito Eduardo Paes (PSD) apresentou os novos veículos, que tornam a capital fluminense a primeira cidade do País a adquirir veículos compatíveis com a norma ambiental Proconve P-8

11 de out de 2023

O prefeito Eduardo Paes apresenta os novos ônibus do Rio

Edição Scriptum, com site eduardopaes.com.br

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), apresentou, na terça-feira (10), os 21 primeiros ônibus do BRT (sistema de transporte coletivo do município) com a tecnologia sustentável Euro 6, que têm a capacidade de reduzir em até 80% a emissão de gases poluentes. Com estes veículos, o Rio se tornou a primeira cidade brasileira a adquirir articulados compatíveis com a norma ambiental Proconve P-8, equivalente ao Euro 6, o que reforça o compromisso da Prefeitura com a sustentabilidade e a constante preocupação em promover soluções para as questões ambientais.

“Quero dar um recado para a população da Zona Oeste, que está há muito tempo sofrendo com os ônibus velhos do BRT da Transoeste. Estamos terminando as obras da pista ali e colocando concreto. Então, muito em breve vocês estarão andando em ônibus confortáveis, mais modernos e menos poluentes. Estamos felizes por poder entregar à população da Zona Oeste, e em breve aos usuários da Transbrasil, um transporte de qualidade, para que a experiência que as pessoas já estão vivendo na Transolímpica e na Transcarioca possa servir a todo o Sistema BRT implantado na cidade”, afirmou Paes, que estava acompanhada pela secretária municipal de Transportes, Maína Celidonio, e pela diretora-presidente da Mobi-Rio, Cláudia Secin.

Limites rigorosos

O sistema Euro 6 estabelece limites mais rigorosos para as emissões de poluentes, assegurando a redução em 80% nas emissões de óxido de nitrogênio (NOx) e de 50% nas emissões de Material Particulado (MP) em relação aos motores Euro 5 atuais. Com menos poluentes, os veículos equipados com o sistema Euro 6 contribuem para a melhoria da qualidade do ar e para a preservação do meio ambiente. Além de gerar um impacto direto na saúde pública, porque a poluição está diretamente relacionada a doenças como hipertensão e problemas respiratórios, sobretudo em crianças e idosos.

“Hoje estamos apresentando os novos ônibus Euro 6, que são mais modernos e 80% menos poluentes. São 337 articulados nessa nova frota, da segunda leva de compras da Prefeitura, que vêm para a Transoeste e para a Transbrasil”, disse a secretária de Transportes, Maína Celidonio.

No total, foram comprados 337 articulados Euro 6. A previsão é que os demais veículos sejam entregues gradualmente até o fim de maio do próximo ano.

Tecnologia moderna

Os 21 articulados que chegaram são da montadora Marcopolo, têm 23 metros de comprimento e capacidade para transportar até 183 passageiros. Além da redução de poluentes, os ônibus contam com moderna tecnologia e são equipados com telemetria para análise de desempenho. Há interação com o usuário (microfone ambiente, painel de mensagens aos usuários que alertam sobre as próximas estações e alto-falantes), câmeras, portas reforçadas, aviso sonoro de fechamento das portas de embarque e desembarque, sistema de bloqueio de porta que impede o movimento do ônibus enquanto as portas estiverem abertas, cabine segregada para o motorista, painel de temperatura, área reservada a pessoas com deficiência, tomadas USB em todas as poltronas, entre outros itens.

Investimentos

Para fomentar a recuperação do Sistema BRT a Prefeitura do Rio tem investido quase R$ 2 bilhões em parceria com o Governo Federal, que já possibilitaram a compra dos 628 ônibus, a requalificação do corredor Transoeste e a construção de terminais e garagens públicas. Os investimentos foram adquiridos por meio de operações de crédito com o Banco do Brasil, no valor de R$ 1,2 bilhão, e com a Caixa Econômica Federal, de R$ 645,9 milhões.

Sistema BRT

Com todo o Sistema BRT em operação – Transoeste, Transcarioca, Transolímpica e Transbrasil – serão 140 estações, 15 terminais e quase 150 quilômetros que vão interligar a Zona Oeste, região da Barra da Tijuca, Zona Norte e Centro.

Informações Partidárias

Notícias