Loading

Pesquisar

MUNICÍPIOS

Rio retoma programa de escolas focadas na inovação

O prefeito Eduardo Paes (PSD) anuncia reinício da construção de Ginásios Experimentais Tecnológicos, que formará alunos preparados para atender as necessidades do mercado digital

11 de maio de 2022

O prefeito Eduardo Paes durante solenidade de retomada das obras

Redação Scriptum com site da Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), anunciou na quarta-feira (11) a retomada das obras de construção de dois novos Ginásios Experimentais Tecnológicos (GET) e de dois Espaços de Desenvolvimento Infantil (EDI), todos em Santa Cruz, na Zona Oeste. As obras fazem parte do Programa Fábrica de Escolas, projeto da Prefeitura do Rio que construiu 110 unidades escolares nas gestões anteriores do prefeito Eduardo Paes.

De acordo com Paes, “essa estrutura ficou quatro anos parada e era muito simples de ter sido concluída. É inacreditável que tenha ficado abandonada por tanto tempo. No início do novo mandato, me comprometi a retomar as obras”. E ele completou: “Como é bom voltar e ver essas escolas sendo retomadas. A partir do início do ano que vem, as nossas crianças aqui, de Santa Cruz, vão poder se matricular e fazer o ano letivo numa das escolas mais modernas e sofisticadas dessa cidade”.

Conclusão das obras está prevista para o final de 2022

Os Ginásios Experimentais Tecnológicos (GET) fazem parte de um novo modelo de escola que seja polo de inovação, com fomento ao desenvolvimento de competências do século XXI, por meio da abordagem STEAM (Science, Technology, Engineering, Art e Math), aprendizagem baseada em projetos, atividades mão na massa e recursos que promovam a cultura digital.

Com propostas inovadoras e soluções criativas, o GET tem um trabalho interdisciplinar, que combina Matemática, Ciências, Tecnologia e Artes. O novo programa da rede municipal de ensino, além da tradicional grade curricular, adotou atividades de informática e robótica. É um conceito pedagógico no qual o conteúdo didático é abordado a partir de necessidades reais, vividas e trazidas pelos próprios alunos de forma colaborativa.

Fábrica de Escolas

Das 110 unidades feitas pelo Programa Fábrica de Escolas, 84 foram entregues até dezembro de 2016 pelo atual prefeito. Nesta gestão, o programa foi retomado e as escolas voltaram a ser construídas. As unidades que tiveram suas obras retomadas nesta quarta-feira, mesmo com mais de 40% das obras concluídas, ficaram totalmente paralisadas após 2016. Agora, a conclusão está prevista para o final de 2022, incluindo a recuperação das perdas provocadas pela depreciação e degradação causadas pelo abandono das construções.

Informações Partidárias

Notícias