Loading

Pesquisar

ESTADOS

Sergipe apresenta prioridades para o Orçamento de 2022

O governador Belivaldo Chagas (PSD) apresentou ao relator-geral Hugo Leal (PSD-RJ) as áreas do Estado que mais precisam receber recursos da União, em especial a saúde

09 de fev de 2022

O governador Belivaldo Chagas recebeu deputados para falar sobre áreas que precisam de recursos da União

Redação Scriptum com Agência de Notícias de Sergipe

Os deputados do PSD Hugo Leal (RJ) e Fábio Mitidieri (SE) se reuniram na terça-feira (8) com o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas (PSD), para conversar sobre as prioridades do Estado para o Orçamento de 2022. Belivaldo Chagas afirmou que o encontro foi de fundamental importância para definir as áreas que precisam receber mais recursos da União, destacando a Saúde como uma de suas principais prioridades.

O governador destacou a importância de manter o diálogo aberto com o Parlamento sobre os investimentos da União, fundamentais para o desenvolvimento dos Estados. “Precisamos investir na Saúde, mas também na infraestrutura para gerar emprego e renda para os sergipanos”.

Hugo Leal, que é o relator-geral da Comissão Mista do Orçamento, disse que está visitando os governadores para ouvir as demandas dos Estados e poder acompanhar a execução dos recursos previstos no Orçamento da União. “O relator tem uma responsabilidade muito grande, assim como o Parlamento, e precisamos manter essas relações. Não só porque somos do mesmo partido, mas também porque temos responsabilidade na execução desses recursos orçamentários, principalmente para as áreas que são estratégicas nos Estados”, explicou.

De acordo com o deputado fluminense, os Estados estão precisando de investimentos diversos, especialmente na área da saúde. “Passamos momentos de dificuldade com a pandemia e isso abriu uma demanda muito grande na área de saúde. Aproveitamos a visita para conversar com o governador sobre as perspectivas do Orçamento da União e quais as prioridades para o Estado de Sergipe”, revelou.

Leal lembrou que este ano o prazo para a execução das emendas do Orçamento é até julho, por força das eleições, “portanto é preciso saber quais são as prioridades dos estados”. “A responsabilidade da execução do Orçamento é do Governo Federal, mas estamos desempenhando nosso papel institucional de ter a responsabilidade de acompanhar a aplicação e execução dos recursos. Nós do Poder Legislativo não podemos abrir mão dessa prerrogativa, conversando com os Estados e fazendo disso uma prática permanente não só da alocação dos recursos, mas da aplicação deles”, concluiu.

O deputado Fábio Mitidieri ressaltou que o relator do Orçamento veio conhecer as prioridades de investimento de Sergipe para a Saúde, obras e geração de emprego e renda. “O nosso governo vem promovendo uma gestão séria e que tem equilibrado as contas do estado. Belivaldo Chagas está preparando o Estado para o desenvolvimento. Estamos cuidando da vida dos sergipanos”, destacou.

Informações Partidárias

Notícias