Loading

Pesquisar

COMPETIÇÕES

Avança projeto para formar campeões do breaking

Proposta do deputado Raimundo Santos (PSD-PA), que institui o programa nacional de formação de campeões do breaking, foi aprovada em comissão da Câmara. Modalidade estreará nos jogos olímpicos de 2024

07 de nov de 2023

O deputado Raimundo Santos: objetivo é fortalecer o esporte no Brasil, formar atletas de alto rendimento, revelar novos talentos e promover inclusão social.

Edição Scriptum com Agência Câmara

Apresentado na Câmara pelo deputado Raimundo Santos (PSD-PA), o Projeto de Lei 1990/23, que institui o programa nacional de formação de campeões do breaking, modalidade que estreará na Olimpíada de 2024, em Paris, foi aprovado na Comissão de Esporte da Casa. A proposta tramita em caráter conclusivo e ainda será analisada pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

O objetivo de Raimundo Santos, ao propor a criação do programa, é fortalecer o esporte no Brasil, formar atletas de alto rendimento, revelar novos talentos e promover a inclusão social. O autor da proposta lembra que, em dezembro de 2020, o Comitê Olímpico Internacional (COI) oficializou a entrada do breaking como modalidade olímpica nos Jogos de Paris 2024.

O relator do projeto na comissão, deputado Prof. Paulo Fernando (Republicanos-DF), defendeu a aprovação da proposta. “Além de dar mais visibilidade ao breaking no panorama esportivo nacional, a iniciativa pode contribuir para a inclusão social de jovens”, disse.

Diretrizes

Entre outras ações, o programa nacional de incentivo ao breaking prevê:

– realização de competições;

– oferta de treinamento e capacitação técnica a atletas, técnicos e juízes;

– implementação de centros de treinamento e escolinhas; e

– criação de bolsa-atleta para jovens talentos.

Pelo texto aprovado, o órgão competente do Poder Executivo fará, com recursos próprios, a implantação, a coordenação, o acompanhamento e a regulamentação do programa.

Poderão ser feitas parcerias com órgãos do governo federal, de governos estaduais, do Distrito Federal e municipais, com a Confederação Brasileira de Breaking, federações estaduais, o Conselho Nacional de Dança Desportiva, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) e outras entidades públicas ou privadas.

Informações Partidárias

Notícias