Loading

Pesquisar

CÂMARA

Comissão debaterá cooperação científica Brasil – China

Luisa Canziani (PSD-PR) é a autora do requerimento para a realização da audiência. País é o maior parceiro comercial do Brasil, com negócios que se aproximam de R$ 800 bilhões a cada ano

06 de nov de 2023

A deputada Luísa Canziani: “Um dos desafios é agregar valor às cadeias produtivas, uma vez que a soja corresponde a 46% dos produtos exportados à China”

Edição Scriptum com Agência Câmara

A pedido da deputada Luisa Canziani (PSD-PR), as perspectivas da cooperação científica entre Brasil e China serão debatidas em audiência pública da Comissão de Ciência, Tecnologia e Inovação da Câmara na quarta-feira (8). A lista de convidados para a reunião inclui o ministro do Desenvolvimento, Geraldo Alckmin, e a ministra de Ciência, Tecnologia e Inovação, Luciana Santos.

A autora do requerimento para a realização da audiência, Luisa Canziani, destaca que o debate também pretende avaliar o Memorando de Entendimento sobre Cooperação em Pesquisa e Inovação assinado pelos governos dos dois países em abril, que tem, entre outras, áreas de foco de cooperação em inteligência artificial, biotecnologia, cidades inteligentes, mudanças climáticas, ciência e tecnologia agrícola.

“Em 2022, o volume total exportado e importado entre o Brasil e a China somou quase R$ 800 bilhões. Esse montante faz da China o maior parceiro comercial do Brasil. Um dos desafios para nós, brasileiros, é agregar valor às cadeias produtivas, uma vez que a soja corresponde a 46% dos produtos exportados com destino à China”, disse a deputada.

Informações Partidárias

Notícias