Loading

Pesquisar

ESTADOS

Integração beneficia moradores de São José dos Pinhais

Nova integração em terminal, anunciada pelo governador Ratinho Junior (PSD), vai reduzir despesas com transporte público dos moradores da segunda cidade mais populosa da região metropolitana de Curitiba

25 de maio de 2022

Governador Ratinho Jr. e a prefeita de São José dos Pinhais, Nina Singer

Redação Scriptum com Agência Estadual de Notícias

O governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) anunciou na quarta-feira (25) que o terminal central de São José dos Pinhais – o segundo município mais populoso da região metropolitana de Curitiba, com 334 mil moradores – será incorporado à rede de transportes metropolitanos, permitindo mais agilidade e economia ao usuário. A iniciativa beneficia cerca de 2,5 mil pessoas que se deslocam diariamente pelas linhas urbanas e metropolitanas e que, agora, precisarão pagar apenas uma tarifa.

A integração completa, a partir de segunda-feira (30), destacou Ratinho Junior, representará uma economia média de R$ 200 por mês para quem necessita fazer o trajeto entre São José dos Pinhais e Curitiba para trabalhar. “É uma mudança muito significativa para quem mora em São José, mas trabalha em Curitiba, e vice-versa. Acabamos com um problema antigo de uma cidade tão importante para o Paraná, diminuindo consideravelmente o custo para a população”, disse o governador.

A medida foi viabilizada por meio de um novo planejamento de linhas implementado pela Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba, responsável pelo gerenciamento do sistema na RMC, em parceria com a prefeitura do município. Não haverá subsídio à tarifa por parte do Governo do Estado.

Atualmente, nos pontos sem integração, o usuário paga R$ 4,45 para sair de um bairro de São José até o terminal e mais R$ 4,75 no deslocamento até a Capital, totalizando R$ 9,20. São mais R$ 9,95 no retorno (R$ 5,50 da tarifa cobrada em Curitiba e outros R$ 4,45 na ligação entre o centro de São José e o bairro). Diariamente são R$ R$ 19,15.

Despesa que cairá quase pela metade, para R$ 10,25, a partir de segunda. A ida custará R$ 4,45 + R$ 0,30 (complemento à tarifa cheia de R$ 4,75 cobrada atualmente pela Comec). A volta sairá por R$ 5,50, valor estabelecido pela prefeitura de Curitiba. “Uma diferença importante que vai representar uma folga no orçamento do trabalhador. Uma grande vitória da população de São José dos Pinhais, que reforça o olhar social do Governo do Estado”, afirmou Ratinho Junior.

Informações Partidárias

Notícias