Loading

Pesquisar

SENADO

Mais recursos para enfrentar violência contra mulher 

O programa Antes Que Aconteça, lançado pela senadora Daniella Ribeiro (PSD-PB), foi incluído como prioridade na Lei de Diretrizes Orçamentárias, garantindo recursos para ações nos Estados e municípios

14 de dez de 2023

A senadora Daniela Ribeiro: proposta se baseia na destinação de emendas individuais para que Estados e municípios atuem sobre o tema.

Edição Scriptum com Agência Câmara 

A presidente da Comissão Mista de Orçamento, senadora Daniella Ribeiro (PSD-PB), lançou na quarta-feira (13), à noite, o programa Antes Que Aconteça, de combate à violência contra as mulheres, que foi incluído como prioridade no relatório da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), aprovado pela comissão na mesma quarta-feira e que manteve os novos prazos de execução para as emendas parlamentares individuais e de bancadas estaduais. Essas emendas são de execução obrigatória, mas o Executivo, até agora, decide em que momento isso ocorre.

Segundo a senadora, o programa Antes que Aconteça se baseia na destinação de emendas parlamentares individuais para que Estados e municípios atuem sobre o tema.

Daniella Ribeiro se emocionou ao citar a presença da sua nora, Camila Mariz, que teve a mãe vítima de feminicídio. “Essa menina aqui é minha nora e é filha de feminicídio. A história de Camila, a vivência de quem passou por coisas como essa, diz muito do que a gente pode fazer quando a gente chega em um lugar como esse”

De acordo com a senadora, além das emendas individuais, o relator-geral do Orçamento de 2024, deputado Luiz Carlos Motta (PL-SP), garantiu outros R$ 300 milhões para o programa. Algumas ações que serão patrocinadas serão cursos de capacitação e de defesa pessoal; empreendedorismo; e salas especiais em delegacias comuns, chamadas de salas lilás.

Informações Partidárias

Notícias