Loading

Pesquisar

CONGRESSO

Parlamentares querem estimular investimento estrangeiro no País

Para o senador Antonio Anastasia (PSD-MG), investidores querem trazer recursos, mas burocracia e insegurança jurídica ainda causam problemas. Para Nelsinho Trad (PSD-MS), importância do tema “é indiscutível”

18 de ago de 2021

O senador Antonio Anastasia

Há interesse de estrangeiros em investir no Brasil, mas a burocracia e insegurança jurídica ainda atrapalham a chegada de recursos do Exterior ao País. A opinião é do senador Antonio Anastasia (PSD-MG), que destacou em suas redes sociais a importância do lançamento da Frente Parlamentar em Apoio aos Investimentos Estrangeiros para o Brasil (InvestBrasil), no início de agosto.

O senador lembrou que o objetivo do grupo é apresentar projetos específicos e fazer andar matérias já em tramitação para tornar o País mais atrativo ao capital estrangeiro. “Participaram mais de 30 embaixadores e empresários árabes, chineses e europeus, além do ministro de Relações Exteriores, Carlos França”, ressaltou.

Anastasia afirmou que grupos estrangeiros pensam em investir no Brasil, “o que é bom para nossa economia, para melhoria da nossa infraestrutura e para geração de empregos no nosso País. Há ainda, no entanto, entraves burocráticos e de segurança jurídica que atrapalham muito”.

Em sua opinião, “é nosso dever, no Parlamento, colaborar com esse debate para destravarmos esses nós. Vamos falar cada mais sobre esse assunto pelos próximos meses”.

A Frente Parlamentar em Apoio aos Investimentos Estrangeiros para o Brasil, apelidada de “Frente InvestBrasil” foi criada a partir da aprovação, pelo Senado, do substitutivo do senador Nelsinho Trad (PSD-MS) ao Projeto de Resolução do Senado (PRS) 32/2021.

A Frente Investe Brasil terá objetivo de atuar na promoção dos investimentos estrangeiros. Será integrada, inicialmente, por senadores que assinarem a ata de instalação, sendo facultada a adesão posterior de outros parlamentares.

O autor do proposta de criação da frente parlamentar, senador Izalci Lucas (PSDB-DF), apontou a importância de buscar investimentos estrangeiros para o país, especialmente para o Distrito Federal, que o parlamentar diz sofrer grandes dificuldades.

Inicialmente, pela proposta de Izalci Lucas, seria criada uma frente parlamentar em apoio ao Instituto Brasil de Investimentos e Cooperação Internacional (Instituto InvestBrasil), uma ONG que atua na atração de investimentos estrangeiros e cooperação internacional. Mas Nelsinho Trad observou ser inconveniente criar “uma frente parlamentar de apoio a uma instituição do setor privado, ainda que sem fins lucrativos, criada pela vontade de seus associados”. Portanto, ele abriu o escopo da frente para atração de investimentos estrangeiros no geral.

Para Trad, a frente “deve ter objeto amplo e atuação diversificada, apoiando todas as iniciativas e proposições que aumentem o volume e a qualidade do investimento estrangeiro no Brasil”, disse.

“A importância do investimento estrangeiro para o desenvolvimento do Brasil é indiscutível, não só por seus efeitos no balanço de pagamentos, mas também pelo fato de que, em geral, traz novas tecnologias, novos métodos de produção e, com isso, aumenta a produtividade de nossa economia e expande mercados… a criação de frente parlamentar voltada a atuar na promoção do investimento estrangeiro em um mundo cada vez mais complexo e exigente é, portanto, altamente meritória”, concluiu.

Fonte: Agência Senado

Informações Partidárias

Notícias