Loading

Pesquisar

SENADO

Pesquisa mostrará violência contra a mulher no País

A pedido da senadora Zenaide Maia (PSD-RN), números de levantamento feito pelo Instituto DataSenado serão divulgados na reunião da Comissão de Assuntos Sociais, na terça-feira (21)

17 de nov de 2023

A senadora Zenaide Maia: dados apresentados pela pesquisa podem orientar medidas a serem tomadas para o enfrentamento à violência contra as mulheres no Brasil

Edição Scriptum com Agência Senado

A procuradora da Mulher no Senado, senadora Zenaide Maia (PSD-RN), anunciou que os números da 10ª edição da Pesquisa Nacional de Violência contra a Mulher, feita pelo Instituto DataSenado, em parceria com o Observatório da Mulher contra a Violência (OMV), serão divulgados em audiência pública da Comissão de Assuntos Sociais (CAS) às 9h da terça-feira (21).

A audiência, que será realizada a pedido da senadora potiguar, será interativa e permitirá a participação virtual de interessados no assunto, que poderão fazer perguntas e comentários pela internet.

Segundo a parlamentar, a violência contra a mulher é um tema relevante, entendido como um fenômeno estrutural, de responsabilidade de toda a sociedade. Zenaide considera que os dados apresentados pela pesquisa podem orientar medidas a serem tomadas para o enfrentamento à violência contra as mulheres no Brasil e quais avanços foram obtidos pelo país nessa temática.

Entre as autoridades convidadas para o lançamento estão o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, a presidente da Comissão Mista de Combate à Violência contra a Mulher, senadora Augusta Brito (PT-CE), a diretora-geral do Senado, Ilana Trombka, e a diretora da Secretaria de Transparência do Senado, Elga Mara Teixeira Lopes.

Como participar

O evento será interativo: os cidadãos podem enviar perguntas e comentários pelo telefone da Ouvidoria do Senado (0800 061 2211) ou pelo Portal e‑Cidadania, que podem ser lidos e respondidos pelos senadores e debatedores ao vivo. O Senado oferece uma declaração de participação, que pode ser usada como hora de atividade complementar em curso universitário, por exemplo. O Portal e‑Cidadania também recebe a opinião dos cidadãos sobre os projetos em tramitação no Senado, além de sugestões para novas leis.

Informações Partidárias

Notícias