Loading

Pesquisar

CÂMARA

Proposta incentiva diagnóstico de autismo em adulto

Aprovado no Plenário, projeto apresentado pelo deputado Zé Haroldo Cathedral (PSD-RR) cria estímulos para que adultos e idosos busquem ajuda médica para ter melhor qualidade de vida

06 de nov de 2023

Para o deputado Zé Haroldo Cathedral, proposta é um compromisso com a inclusão e o respeito à diversidade.

Edição Scriptum com Agência Câmara

Apresentado pelo deputado Zé Haroldo Cathedral (PSD-RR), o Projeto de Lei 4540/23, que inclui como diretriz da Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (TEA) o incentivo para adultos e idosos procurarem diagnóstico, foi aprovado pela Câmara dos Deputados e agora vai ao Senado.

O objetivo do projeto é estimular a chamada investigação tardia para o TEA. Conforme relatório lido no Plenário pelo deputado Luiz Gastão (PSD-CE), “muitos adultos e idosos enfrentam dificuldades nas áreas de emprego, educação, relacionamentos interpessoais e saúde mental, e a identificação dessas questões pode levar a intervenções e apoio adequados para melhorar suas vidas e as vidas das pessoas à sua volta”.

Zé Haroldo Cathedral afirmou que a proposta é um compromisso com a inclusão e o respeito à diversidade. “As políticas já implementadas estão centradas no diagnóstico infantil e a discussão na fase adulta ainda é restrita e muitas vezes negligenciada”, disse o parlamentar do PSD de Roraima.

A proposta altera a Lei de Proteção aos Autistas (também conhecida como Lei Berenice Piana).

Informações Partidárias

Notícias