Loading

Pesquisar

ESTADOS

Ratinho Junior inicia agenda de missão na Alemanha

Governador do Paraná viajou para encontrar interessados em novos investimentos no Estado. Primeira visita foi a uma empresa que já tem unidade no interior paranaense e pode investir mais

22 de nov de 2023

O governador Ratinho Jr. em visita à Krone

Edição Scriptum com Agência Estadual de Notícias

Em sua busca por novos investimentos estrangeiros no Estado, a comitiva liderada pelo governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), iniciou na quarta-feira (22) a missão internacional na Alemanha com a visita a uma fábrica da Krone, na cidade de Spelle. A empresa centenária é líder na fabricação de equipamentos e tecnologia para o setor agrícola, e tem um Centro de Treinamento em Castro, no interior do Paraná.

O Paraná é um dos maiores produtores de leite do País, com destaque para a região dos Campos Gerais, com Castro e Carambeí liderando a produção nacional. Castro produziu 426,6 milhões de litros de leite em 2022 e Carambeí, 255,6 milhões de litros. No cenário nacional, o Estado é o segundo maior produtor, com 11 bilhões de litros tirados, atrás apenas de Minas Gerais, que chegou a 22,9 bilhões de litros.

“Esse foi um dos motivos para a Krone escolher a cidade para instalar sua unidade”, disse Ratinho Junior. “Essa escolha faz do Paraná a central de inovação e treinamento na América Latina dessa que é uma das maiores indústrias de implementos agrícolas do mundo. Por isso estamos fazendo essa visita, para conhecer sua planta e buscar a ampliação desse grande projeto da Krone no Brasil”.

Missão

Organizada pela Invest Paraná, agência de prospecção de investimentos vinculada à Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços, a missão internacional tem o objetivo de ampliar a relação comercial do Paraná com o país europeu, que é referência global em engenharia e desenvolvimento sustentável. A agenda inclui encontros com empresas de equipamentos e tecnologia para o setor agrícola, companhias agroindustriais, automotivas, entre outras.

O comércio bilateral entre a Alemanha e o Paraná movimenta cerca de US$ 900 milhões por ano. De acordo com a Invest Paraná, além da relação comercial bilateral, que envolve madeira, carvão, café, proteínas animais, adubos, plásticos e máquinas, há margem para uma grande quantidade de acordos e projetos relacionados a hidrogênio verde, área que está em franca expansão no Paraná, além de engenharia.

Informações Partidárias

Notícias