Loading

Pesquisar

CONGRESSO

Vanderlan apoia criminalização de posse de drogas

O senador do PSD de Goiás apoiou proposta do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e também se disse favorável à ideia de que ministros do Supremo tenham mandato fixo

04 de out de 2023

O senador Vanderlan Cardoso: proposta representa um “alívio para a sociedade, que é, em sua maioria, conservadora”

Edição Scriptum com Agência Senado

Em pronunciamento no Plenário, o senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO) elogiou a proposta de emenda à Constituição (PEC) apresentada pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), que criminaliza o porte e a posse de substância ilícita em qualquer quantidade. Ele afirmou que a proposta representa um “alívio para a sociedade, que é, em sua maioria, conservadora”.

O parlamentar também se declarou favorável à ideia de que ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) tenham mandato com prazo fixo. Para Vanderlan, o tema é fundamental para o equilíbrio entre os Poderes, “dando voz ao sentimento da grande maioria dos brasileiros”.

“A independência entre os três Poderes está na nossa Constituição. Quando um poder começa a interferir em atribuições que são de outro poder, alguma coisa está fora da ordem constitucional. Por onde ando, escuto das pessoas manifestações sobre o que elas consideram uma postura inadequada por grande parte do STF”, disse.

O senador do PSD goiano afirmou que existem outros pontos que precisam ser debatidos e deliberados “com urgência” no Congresso Nacional, como a questão do aborto, ao qual se disse contrário. Ele também mencionou o marco temporal para terras indígenas, tese recentemente rejeitada pelo Supremo, que a julgou inconstitucional.

“Não podemos permitir que a segurança jurídica em nosso país seja rasgada, nem que milhares e milhares de famílias sofram com a perda de suas propriedades, das quais 77% pertencem a agricultores familiares. Muitos desses agricultores estão investindo e trabalhando nas suas terras há mais de cem anos, como é o caso dos colonos em Santa Catarina”, afirmou Vanderlan.

Informações Partidárias

Notícias