Emendas

Marcos Montes: foco em recursos para áreas prioritárias

Líder da bancada do PSD na Câmara, ele baseia sua atenção na busca de recursos para saúde, educação e agropecuária para atender os municípios do Triângulo Mineiro

08/05/2017

FacebookWhatsAppTwitter

O líder Marcos Montes e a reitora da UFTM de Uberaba, Ana Lúcia de Assis Simões, em audiência com o ministro da Educação, José Mendonça Bezerra Filho

Médico, o líder do PSD na Câmara, deputado federal Marcos Montes (MG), tem pautado sua atuação pela busca de recursos para atender as áreas socialmente mais sensíveis de Uberaba e do Triângulo Mineiro. Prefeito da cidade por duas vezes e tendo recebido boa proporção de votos em outros 14 municípios próximos, ele tem usado suas emendas individuais ao orçamento para colaborar com as bases, principalmente na saúde, educação, segurança pública, esporte e agropecuária. “Procuro direcionar minhas emendas para setores priorizados pelos próprios municípios; sei que a situação econômica é grave e que os prefeitos e as instituições estão se desdobrando para dar conta do recado; por isso, tento ser o mais justo possível na distribuição das emendas”.

Na semana passada, Marcos Montes e a reitora da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) de Uberaba, Ana Lúcia de Assis Simões, participaram de uma audiência com o ministro da Educação, José Mendonça Bezerra Filho, com a finalidade de apresentarem as reivindicações da entidade. O encontro também contou com a presença do secretário de Educação Superior, Paulo Barone, a quem pediram agilidade na liberação dos recursos previstos pelas emendas.

Segundo informações da assessoria de comunicação do deputado, as emendas parlamentares ao Orçamento da União para a UFTM, e que se encontram pendentes, somam R$ 2 milhões e se referem aos recursos orçamentários de 2016 e 2017. Além disso, as autoridades uberabenses também reivindicaram o apoio do MEC aos projetos de interesse da UFTM – alguns novos e outros que ainda em tramitação pela universidade federal.

Recentemente, o HC da UFTM com sede em Uberaba, divulgou o destino que foi dado a R$ 1 milhão – dinheiro também previsto por Marcos Montes, em orçamento anterior já liberado. Com esse dinheiro – segundo o HC/UFTM, foram comprados um desfilibrilador cardioversor portátil – capaz de diagnosticar arritmias cardíacas e fornecer descarga elétrica para estimular o funcionamento do coração; um cardioversor para monitoração e defibrilador em adultos e crianças; e 25 poltronas hospitalares reclináveis para acompanhantes de pacientes.

FacebookWhatsAppTwitter

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário!




*

FacebookWhatsAppTwitter