Congresso

Tecnologias digitais alavancarão desenvolvimento do país

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, destacou, durante evento em São Paulo, a importância da transformação digital para o futuro do Brasil

13/09/2017

FacebookWhatsAppTwitter

Kassab ressaltou o lançamento do Satélite Geoestacionário em maio. “Daqui a três semanas, vamos começar a operá-lo experimentalmente.”

 

Mais qualidade de vida para a população e um ambiente de negócios eficiente. Esses são os resultados que o governo federal quer obter com o avanço das tecnologias digitais. A afirmação é do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, que apresentou nesta quarta-feira (13), em São Paulo, a Estratégia Brasileira para a Transformação Digital (EBTD), durante o 15º Congresso Brasil Competitivo.

Kassab ilustrou a vocação brasileira para a economia digital com o hábito já estabelecido na sociedade de declarar o Imposto de Renda pela internet, o progresso tecnológico da automação bancária no país e o processo de desligamento do sinal analógico de televisão. “É a transformação digital chegando, com diversas iniciativas que vão nos trazer a oportunidade de avançar o nosso país por meio de políticas públicas estratégicas”, disse.

O ministro lembrou que a EBTD passou por consulta pública em agosto, a partir de proposta formulada por um grupo interministerial coordenado pelo MCTIC, em articulação com o setor privado e a sociedade. “Isso está bastante avançado”, destacou, em referência à entrega da versão final do documento como minuta de decreto à Casa Civil da Presidência da República.

Segundo ele, dessa maneira, o Brasil está cumprindo “nossas expectativas para que possamos cada vez mais preparar o Brasil para viver esse novo momento digital, de uma transformação que vai alterar a vida de todos nós, um ambiente que em todo o mundo é conhecido como Internet das Coisas”.

Kassab ressaltou o lançamento do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC) em maio. “De três meses para cá, o governo brasileiro colocou em órbita seu primeiro satélite, já acomodado definitivamente no espaço. Daqui a três semanas, vamos começar a operá-lo experimentalmente. E a partir de janeiro, qualquer lugar do país poderá ser atendido com internet banda larga com a simples colocação de uma antena. Isso vai trazer avanços em todas as áreas – educação, saúde, segurança.”

O Congresso Brasil Competitivo é realizado desde 2003 com objetivo de mobilizar o país para o desenvolvimento de ações e a disseminação de conceitos para a promoção da competitividade. Criado em novembro de 2001, o Movimento Brasil Competitivo (MBC) é reconhecido como uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, com as missões de promover a competitividade sustentável e elevar a qualidade de vida da população.

A Estratégia Brasileira para a Transformação Digital está alinhada ao programa Brasil Digital, lançado em novembro de 2016 pelo MBC para articular a parceria entre os setores público e privado em torno de uma estratégia digital para o país, com seis eixos estruturantes: digitalização dos setores público e privado, ambiente regulatório e normatizações, força de trabalho digital, inovação e empreendedorismo e infraestrutura.

FacebookWhatsAppTwitter

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário!




*

FacebookWhatsAppTwitter