MUNICÍPIOS

BH quer receber jogos da Copa do Mundo Feminina

O prefeito da capital mineira, Fuad Noman (PSD), já está trabalhando junto com a CBF para que o Brasil seja sede da competição a ser realizada em 2027 e que algumas partidas ocorram na cidade

18/09/2023

FacebookWhatsAppTwitter

Fuad Noman recebeu representante da CBF: “Vamos trabalhar para trazer a Copa para o Brasil”

Edição Scriptum com Prefeitura de Belo Horizonte

A Copa do Mundo de Futebol Feminino deve ocorrer somente em 2027 e ainda não tem sede definida, mas o prefeito de Belo Horizonte, Fuad Noman (PSD), já está trabalhando para que a capital mineira receba algumas partidas da competição. Na semana passada, ele recebeu representantes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para conhecer os detalhes da candidatura do Brasil a sede da Copa.

Belo Horizonte é uma das cidades que serão inscritas para receber jogos da competição. A escolha sobre o país sede será em votação no Congresso Anual da Fifa, marcado para maio do ano que vem.

“A CBF e o Brasil estão fazendo um esforço para trazer a Copa do Mundo Feminina para o País, e logicamente há o interesse que Belo Horizonte seja uma das sedes. Eu agradeci muito pela escolha e vamos fazer de tudo para trabalhar, para que BH possa cumprir todos os encargos e que o Brasil seja escolhido”, afirmou Fuad Noman.

A Prefeitura de Belo Horizonte e o governo de Minas Gerais têm até 20 de outubro para entregar à CBF toda a documentação com as garantias do poder público para a candidatura da capital como sede dos jogos. Já a CBF tem o prazo até 8 de dezembro para entrar com a candidatura brasileira na sede da Fifa, na Suíça. O slogan da candidatura do Brasil já está criado: “A Natural Choice” – Uma Escolha Natural.

Prazo para inscrição do País como candidato a sede da Copa Feminina vai até dezembro

De acordo com o secretário-geral da CBF, Alcino Rocha, a ideia é que os jogos sejam realizados em estádios de 10 cidades brasileiras, entre eles, o Mineirão, em Belo Horizonte – até por já ter sido palco de jogos na Copa de 2014, sediada no Brasil. “Queremos agradecer ao prefeito Fuad Noman por toda a recepção e, mais uma vez, colocar Belo Horizonte como uma das nossas sedes, porque não existe obviamente uma candidatura do Brasil sem a participação de Minas Gerais”, disse.  

O Brasil concorre com África do Sul e candidaturas conjuntas da Uefa (Holanda, Bélgica e Alemanha) e Concacaf (México e Estados Unidos). “Nós estamos esperançosos de que nós temos uma candidatura extremamente forte porque essa seria a primeira Copa Feminina na América do Sul e a Fifa sabe a importância do futebol e o crescimento do futebol feminino no nosso país e na região”, aposta Alcino Rocha.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter