Loading

Pesquisar

Reconhecimento

Votuporanga (SP) é destaque em ranking de qualidade de vida

Município governado pelo prefeito Jorge Seba (PSD) conquistou o 43º lugar no Índice de Progresso Social (IPS), estudo inédito que analisou as 5.570 cidades brasileiras

05 de jul de 2024

Votuporanga destacou-se nas avaliações sobre taxa de mortalidade, abastecimento de água, entre outros indicadores

Redação Scriptum com Prefeitura de Votuporanga

Sob a gestão do prefeito Jorge Seba (PSD), o município de Votuporanga, na região Noroeste de São Paulo, conquistou posições de destaque no Índice de Progresso Social (IPS) 2024, realizado pela primeira vez no País. Desenvolvido pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), o estudo avaliou o bem-estar da população em 5.570 cidades brasileiras, incluindo Brasília (DF) e o distrito de Fernando de Noronha (PE). As informações do levantamento foram coletadas entre 2023 e este ano.

Votuporanga ocupou o primeiro lugar na região e a 43ª posição no País, com nota 68,5 — em uma escala de 0 a 100. “Estarmos na 43ª posição em um ranking tão robusto, que reúne indicadores que demonstram o bem-estar da população, é uma honra para nós. Entendo que é resultado de um trabalho sério que este governo vem desempenhando em todas as áreas”, destaca Jorge Seba.

O IPS analisou um conjunto de indicadores agrupados em três dimensões — Necessidades Humanas Básicas, Fundamentos do Bem-estar e Oportunidades. Votuporanga destacou-se no tópico Necessidades Humanas Básicas, em que foram avaliados, entre outros indicadores, as taxas de mortalidade e de abastecimento de água. A cidade também teve bons desempenhos em indicadores como Expectativa de Vida, Acesso a Programas de Direitos Humanos, Existência de Ações para Direitos de Minorias, Acesso à Cultura, Lazer e Esporte, Praças e Parques em Áreas Urbanas e Mulheres Empregadas com Ensino Superior.

Criado há uma década por cientistas da Universidade de Harvard e do Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos Estados  Unidos, o Índice de Progresso Social vai além da performance econômica para medir os desempenhos social e ambiental das cidades. O cálculo do IPS Brasil 2024 utilizou dados fornecidos pelos ministérios da Saúde e da Cidadania, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o CadÚnico, entre outras fontes.

 

 

 

 

 

Informações Partidárias

Notícias