SAÚDE

Campanha para conscientização sobre câncer de cólon

Comissão aprova projeto do deputado Gilberto Nascimento (PSD-SP) que oficializa o mês de março como o Mês de Conscientização sobre o Câncer de Cólon e Reto

13/09/2023

FacebookWhatsAppTwitter

O deputado Gilberto Nascimento, autor da proposta.

 

Edição Scriptum com Agência Câmara

 

Projeto de autoria do deputado Gilberto Nascimento (PSD-SP), que oficializa o mês de março como o Mês de Conscientização sobre o Câncer de Cólon e Reto, foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara. A proposta prevê a realização, durante o período, de campanhas educativas e informativas para educar a população e prevenir o surgimento da enfermidade. O projeto seguirá agora para análise no Plenário da Câmara.

“A prevenção e o diagnóstico precoce ainda são uma solução efetiva para a doença. Portanto, a instituição de uma semana destinada à conscientização produzirá efeitos relevantes para a sociedade”, afirma Nascimento.

O projeto já havia sido aprovado pela Câmara em 2019, quando tramitava com outro número (PL 3842/15), e retornou para análise dos deputados após ter sido alterado no Senado.

Os senadores excluíram dispositivo que obrigaria o gestor federal do Sistema Único de Saúde (SUS) a promover eventos e atividades de prevenção da doença. A redação que permaneceu determina que caberá ao poder público desenvolver campanhas educativas e informativas sobre a doença, sem especificar obrigação ao gestor federal.

O relator na CCJ, deputado Marcos Pollon (PL-MS), recomendou a aprovação do substitutivo elaborado pelo Senado. “A prevenção e o diagnóstico precoce ainda são uma solução”, comentou Gilberto Nascimento, autor da proposta original.

Sintomas e prevenção

O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estimou que, em 2020, houve 17.760 novos casos de câncer colorretal em homens (7,9% do total) e de 16.590 em mulheres (7,4%). O câncer colorretal é a terceira causa de morte por câncer para homens e mulheres (8,0% e 9,3% do total, respectivamente), segundo o Inca.

Alguns sintomas que podem indicar a doença são perda de peso sem razão aparente, anemia, alteração do hábito intestinal (constipação e diarreia) e sangue nas fezes.

Entre os fatores de risco para o aparecimento da doença estão: herança genética, obesidade, sedentarismo, tabagismo e consumo exagerado de alimentos processados, carne vermelha e bebidas alcoólicas.

Entre as medidas de prevenção estão o combate ao fumo e ao álcool; atividade física com regularidade; alimentação rica em fibras e livre de alimentos ultraprocessados e açúcares; e redução no consumo de carnes vermelhas. Também é recomendado estar em dia com as consultas médicas.

Março Azul

A campanha Março Azul, que já ocorre na Europa e nos Estados Unidos, chegou nos últimos anos ao Brasil por iniciativa da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (Sobed). A campanha conta com o apoio da Associação Médica Brasileira (AMB), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e de outras entidades. O objetivo é mobilizar e conscientizar a população e os profissionais de saúde a respeito dos riscos do câncer colorretal.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter