PSD MULHER

Campina Grande (PB): PSD discute pré-candidatura feminina

Na cidade do interior da Paraíba, partido vai definir sua candidata a prefeita entre a presidente estadual, senadora Daniella Ribeiro, a vereadora Eva Gouveia ou a secretária de Turismo, Rosália Lucas

09/02/2024

FacebookWhatsAppTwitter

Eva Gouveia, Daniella Ribeiro e Rosália Lucas

 

 

Edição Scriptum com PSD Mulher

 

O PSD da Paraíba anunciou na última semana que constrói uma pré-candidatura feminina à Prefeitura de Campina Grande, uma das principais cidades do estado e de todo o Nordeste. A cidade, que tem o segundo maior PIB (Produto Interno Bruto) da Paraíba, deverá contar com um dos três nomes como candidatas a prefeita pelo PSD nas eleições de outubro: a presidente estadual do partido, senadora Daniella Ribeiro, a vereadora Eva Gouveia ou a secretária estadual de Turismo, Rosália Lucas.

“Aqui na Paraíba vamos fortalecer cada vez mais o nosso partido, que valoriza as candidaturas femininas e que abre espaços e mostra oportunidades para que a mulher ingresse na política”, disse Daniella. “Em Campina Grande, cidade onde nasci e onde iniciei a minha carreira política, o PSD estará representado com candidaturas femininas nas eleições municipais deste ano, apresentados os nomes de duas grandes mulheres, que são Eva Gouveia, vereadora com história com o PSD, e a secretária Rosália Lucas, que tem trabalho e também história com o nosso partido. Em caso eu não estando como nome nas eleições, as duas me representam muito bem, e, principalmente, representarão o povo da nossa cidade”, completou.

Eva Gouveia, vereadora em Campina Grande, destacou que o PSD busca ser a sigla paraibana com maior presença feminina. “Temos a primeira senadora da Paraíba, isso é muito simbólico para o compromisso de fomentar a participação feminina na política e sobretudo tendo-as em espaços de decisão”, afirmou.

“O PSD é um grande partido, que nos orgulha pela força e as pessoas que o compõem e vai ter candidatura própria à Prefeitura de Campina Grande”, disse Rosália Lucas. “Sou da cidade, com muito orgulho, e tendo acompanhado a situação em Campina já há bastante tempo, atuando também na iniciativa privada, posso afirmar que a cidade precisa de menos política e mais gestão”, afirmou.

Ao falar sobre Campina Grande, cidade de mais de 400 mil habitantes, Eva destacou as “dificuldades administrativas” enfrentadas hoje.

Fala que foi reiterada também por Rosália, lembrando que a cidade vem perdendo posições nos dados do Caged (Cadastro Geral de Emprego e Desemprego do Ministério do Trabalho).

“Daniella Ribeiro falou sobre esses diferentes nomes, e as três possibilidades colocadas representam experiência e qualidade de atuação”, disse Rosália, que já foi secretária municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Campina Grande.

Eva lembrou que em 2020, foram eleitas sete vereadoras mulheres na cidade, maior número da história, das quais três pelo PSD.

Alda Marco Antonio, coordenadora nacional do PSD Mulher destacou os três nomes colocados para Campina Grande, mas também ressaltou a iniciativa. “São três grandes mulheres que fazem muito pela política e construção do nosso partido, e é preciso louvar o empenho em que se busque candidaturas femininas, seja às prefeituras, seja às Câmaras Municipais”, afirmou.

As três lideranças paraibanas destacaram como a presença e participação feminina tem crescido no PSD, e lembraram do curso promovido pelo PSD Mulher em parceria com o Insper no ano passado. “É preciso sempre ressaltar o trabalho da Alda para incrementarmos a participação feminina, além é claro de ressaltar o nosso presidente nacional, Gilberto Kassab, disse Rosália.

“A liderança da senadora Daniella Ribeiro e o papel de Eva Gouveia e Rosália Lucas devem ser muito bem ressaltados, e a construção de um partido forte é o que buscamos em todo o país”, disse o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter