LEGISLAÇÃO

Deputada aplaude forró como manifestação cultural

Delegada Katarina, do PSD de Sergipe, foi a relatora do projeto sancionado esta semana. Para ela, é uma “significativa vitória para o reconhecimento da nossa rica herança cultural”

09/11/2023

FacebookWhatsAppTwitter

A deputada Delegada Katarina: “O Estado deve apoiar e incentivar a valorização das manifestações culturais”

 

Edição Scriptum com site da liderança do PSD na Câmara

 

Relatado na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara pela deputada Delegada Katarina (PSD-SE), o Projeto de Lei 5838/19 foi sancionado pelo presidente da República, tornando oficial o reconhecimento do forró como manifestação da cultura nacional. A lei foi sancionada sem vetos e publicada no Diário Oficial da União de terça-feira (7).

Para Delegada Katarina, “essa proposta representa uma significativa vitória para o reconhecimento da nossa rica herança cultural. O Estado deve apoiar e incentivar a valorização das manifestações culturais”. Ela destaca que seu Estado, Sergipe, é conhecido como “País do Forró”, onde os festejos juninos são realizados por mais de 30 dias.

Origem

O forró surgiu na década de 1930, popularizando-se por volta dos anos 1950 em todo o Brasil por meio do poeta, cantor e compositor Luiz Gonzaga, que convencionou o trio sanfona, zabumba e triângulo nas apresentações.

“Esse gênero musical nasceu a partir da mistura de ritmos tradicionais da Região Nordeste, como baião, xaxado, coco, arrasta-pé e xote, e existe há cerca de sete décadas, sobrevivendo aos modismos e levando a alegria da cultura nordestina a todo o País”, explica a deputada sergipana.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter