Marcelo Branco entrega 237 apartamentos em Sorocaba (SP)

O secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marcelo Branco, uma das lideranças do PSD, entregou as chaves para os beneficiários do programa Casa Paulista

09/02/2024

FacebookWhatsAppTwitter

 

Programa beneficiou famílias com até 3 salários mínimos

 

 
Redação Scriptum com Portal do Governo de São Paulo 

 

O secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação do Estado de São Paulo, Marcelo Branco, uma das lideranças do PSD, entregou 237 apartamentos para os moradores do Residencial Le Parc Cancún, em Sorocaba, município do Sudeste paulista. A secretaria disponibilizou R$ 3 milhões, por meio do programa Casa Paulista, na modalidade Carta de Crédito Imobiliário (CCI), para que famílias com renda de até três salários mínimos adquirissem moradias no empreendimento. A cerimônia de entrega dos apartamentos foi realizada na terça-feira (6). “O Casa Paulista faz com que a prestação seja reduzida e famílias tenham a possibilidade de realizar o sonho da casa própria. Só em Sorocaba, temos 2.176 unidades em construção, entre todos os programas da pasta. Nós já conseguimos colocar em andamento mais de 120 mil habitações no Estado”, disse o secretário.

Os apartamentos têm dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro, distribuídos em 44,53 metros quadrados. O residencial conta com churrasqueira, espaço gourmet, salão de festas, playground, academia, espaço fitness, campinho com gramado, piscinas para adultos e crianças, praças de jogos, praça de encontros, espaço pet e pomar.

Cada família recebeu R$ 13 mil reais do governo estadual, em forma de subsídio, para comprar o primeiro imóvel direto com a construtora. O empreendimento foi construído pela iniciativa privada e financiado pela Caixa Econômica Federal.

O valor do subsídio concedido aos beneficiários do programa estadual varia de R$10 mil a R$16 mil, de acordo com a localização do imóvel. O crédito pode ser somado a subsídios federais e à utilização do FGTS no financiamento habitacional. Desta forma, o valor das prestações fica compatível com a capacidade de pagamento das famílias.

 

 

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter