ESTADOS

Prefeito de Belo Horizonte oficializa filiação ao PSD

Em evento que reuniu lideranças nacionais e estaduais, Alexandre Kalil assumiu a direção do partido em Minas Gerais. Para Gilberto Kassab, filiação o torna uma referência dentro da legenda

14/06/2019

FacebookWhatsAppTwitter

Além de centenas de militantes, encontro reuniu lideranças nacionais e regionais

Em evento na tarde de sexta-feira (14), no plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, oficializou sua filiação ao PSD e assumiu a presidência do diretório estadual da sigla. Kalil sucede no cargo ao deputado federal Diego Andrade, que é o coordenador da bancada mineira no Congresso.

O evento, intitulado Grande Encontro, teve a presença do presidente nacional do partido, Gilberto Kassab, e reuniu parlamentares estaduais e federais, além de centenas de militantes e lideranças de todo o Estado.

No ato de filiação, Kalil ainda foi anunciado como presidente estadual da legenda, que terá como vice o deputado estadual Cassio Soares e como secretário-geral, o deputado federal Diego Andrade, atual presidente da legenda. “Com esses nomes, vou ficar meio de rainha da Inglaterra”, brincou Alexandre Kalil, quando questionado sobre a tarefa de comandar a capital mineira e o partido.

De acordo com Kalil, várias legendas o convidaram para se filiar, mas optou pelo PSD por ser um partido que “quer em Minas Gerais o que tem que ser feito”.

O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, fez questão de participar do evento e disse que a filiação do prefeito o torna uma referência dentro da legenda. “O exemplo que ele dá, sendo um excelente gestor, caráter, idoneidade traz um reflexo positivo para o partido”, alegou Kassab.

Para o ano que vem, a expectativa da legenda e lançar candidato a prefeito em todas as capitais, com Kalil candidato à reeleição em Belo Horizonte. A legenda também quer costurar candidaturas em cidades com mais de 100 mil habitantes e onde haja sinal de TV. Exceções dependerão do aval da direção nacional.

O PSD mineiro elegeu, em 2016, 55 prefeitos, 49 vice-prefeitos e 460 vereadores, ratificando sua força no Estado. Com esse resultado, o PSD se tornou o quarto partido com mais chefes do executivo em Minas no atual mandato. Isso significa aumento de 96,42% no número de prefeitos comparando-se com as eleições de 2012, quando o PSD-MG fez 28 eleitos. Houve aumento também de 40,24% no número de vereadores eleitos pela sigla. Em 2012, foram eleitos 328 vereadores, já em 2016 esse número foi para 460 cadeiras nas Câmaras Municipais em todo o Estado.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter