ESTADOS

Sergipe sedia debate sobre gestão de recursos hídricos

A equipe do governador Fábio Mitidieri (PSD) estará presente no evento, que é um dos maiores do mundo e abordará o tema ‘Água e sociedade: resiliência, inovação e participação’

16/11/2023

FacebookWhatsAppTwitter

O objetivo do evento é promover o debate científico de alternativas sustentáveis, que auxiliem na gestão de recursos hídricos.

 

 

Edição Scriptum com Agência Sergipe de Notícias

 

Integrantes da gestão do governador de Sergipe, Fábio Mitidieri (PSD), participarão em peso do XXV Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, que será realizado em Aracaju a partir de domingo. O objetivo do evento, realizado pela Associação Brasileira de Recursos Hídricos (ABRHidro) em parceria com o governo sergipano, é promover o debate científico de alternativas sustentáveis, que auxiliem no desenvolvimento de políticas socioambientais e na gestão de recursos hídricos. O simpósio começa no domingo (19) e segue até a sexta-feira (24).

Com a temática ‘Água e sociedade: resiliência, inovação e participação’, o SBRH é considerado o maior evento de gestão de recursos hídricos do Brasil e um dos maiores do mundo. A estimativa é que durante sua realização cerca de três mil pessoas de 20 países participem do encontro, entre elas autoridades, pesquisadores, professores, estudantes, técnicos, profissionais liberais, empresários, fabricantes e comerciantes de equipamentos, usuários, gestores e tomadores de decisão.

O simpósio contará com a participação efetiva do Governo de Sergipe, por meio das secretarias de Estado da Assistência Social (Seasc), da Saúde (SES), do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), da Agricultura (Seagri), do Esporte e Lazer (Seel) e do Meio Ambiente (Semac), e viabilizará o diálogo entre ciência, tecnologia, setores produtivos e comunidade, por intermédio dos mais diversos segmentos.

Além das atividades científicas, durante o evento será realizado o 1° Fórum Latino-Americano da Água, que terá o lançamento de livros como as publicações organizadas pelos sergipanos Ailton Francisco da Rocha, Ariovaldo Antonio Tadeu Lucas e Antenor de Oliveira Aguiar Netto – ‘25 anos: A política de Recursos Hídricos em Sergipe’ (livro eletrônico) -; e José do Patrocínio Hora Alves – ‘Hidrogeoquímica dos Reservatórios de Sergipe’.

Para encorajar os trabalhos na área, será entregue durante o SBRH o ‘Prêmio Jovem Pesquisador’, um reconhecimento e valorização de jovens talentos, além dos prêmios ‘Mulheres na gestão das águas’ (que tem o objetivo reconhecer a atuação de mulheres dentro do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos) e ‘Flávio Terra Barth’ (que visa reconhecer a atuação de pessoas ou instituições destaques no aproveitamento racional e sustentável dos recursos hídricos).

O XXV SBRH contará com conferências nacionais e internacionais, mesas-redondas, minicursos, apresentações de trabalhos, lançamento de livros e exposição. As secretarias e órgãos do Governo de Sergipe estarão com estandes e realizarão atividades durante todos os dias do simpósio, no pavilhão de exposições do Centro de Convenções, área em que o acesso é aberto a todo público.

A secretária de Estado do Meio Ambiente, Deborah Dias, ressalta a importância da realização desse simpósio em Sergipe. “Para todos nós, Estado de Sergipe e Associação Brasileira de Recursos Hídricos (ABRHidro), os últimos meses de preparação foram intensos, desafiadores e cheios de esperança de que este simpósio seja um marco na história da gestão hídrica no Brasil. A cooperação e a troca de experiências, como a proporcionada por este simpósio, são essenciais para alcançarmos nosso objetivo final”, destaca a gestora.

Expositores

O Instituto de Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS) fará exposição de sondas que fazem coleta de dados nos mananciais e monitoram a qualidade da água que é distribuída para consumo humano, também utilizada na irrigação e na carcinicultura. Já a Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação do Estado de Sergipe (Fapitec) irá apresentar a instituição e os projetos em execução envolvendo a temática da água e também estará com pesquisadores apresentando os projetos no estande montado no SBRH.

O SergipeTec também estará presente no evento e fará exposição de alguns equipamentos inovadores, além, também, de levar mudas, sementes e apresentar um pouco dos trabalhos do parque tecnológico de Sergipe no espaço. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) estará presente por meio da Vigilância Sanitária, e fará a distribuição de material educativo e vídeos, com equipes à disposição para apresentação e tirar dúvidas do público.

A Companhia de Desenvolvimento Regional de Sergipe (Coderse), empresa vinculada à Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri), apresentará no estande durante o Simpósio de Recursos Hídricos a maquete do Programa Água Doce, bem como amostras da produção da irrigação pública dos perímetros irrigados e a distribuição dos panfletos informativos sobre a atuação da companhia.

Na área externa do Centro de Convenções, durante o simpósio, a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) estará com a unidade móvel Saneamento Expresso, ônibus em que são apresentadas maquetes que demonstram todo processo do ciclo do saneamento, de forma didática, além da distribuição de mudas, dentro do projeto Deso +Verde. No estande interno, exposição de material informativo sobre a atuação da companhia.

Já a Secretaria de Estado da Assistência Social e Cidadania (Seasc) estará com uma programação diversificada em seu estande durante todo simpósio. No domingo, na abertura, haverá exposição do artesanato com palha, do Povoado Tigre, no município de Pacatuba, e Programa Mão Amiga. Já na segunda, 20, a partir das 11h, tem abertura da exposição; apresentação da companhia de dança do Conselho das Pessoas com Deficiência; exposição de produtos da Associação Sergipana de Apicultores (ASA) e Programa Mão Amiga. Na terça-feira, 21, serão expostos produtos da Uniagro, do município de São Domingos.

Na quarta-feira, 22, o estande da Seasc terá exposição dos produtos à base de mandioca da Cooperativa de Produção, Economia Solidária de Agricultura de Campo do Brito (Coofama), do município do agreste sergipano, que em julho deste ano passou a exportar farinha de mandioca para os Estados Unidos da América. Na quinta-feira, 23, acontece exposição da biblioteca itinerante dos direitos humanos e na sexta, 24, exposição de artesanato em barro do artesão Chicô, de Santana do São Francisco, e de renda irlandesa, da Associação para o Desenvolvimento da Renda Irlandesa de Divina Pastora (Asderen).

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter