MUNICÍPIOS

Topázio Neto faz balanço de gestão em Florianópolis

Na abertura dos trabalhos da Câmara Municipal, o prefeito de capital de Santa Catarina destacou medidas como a aprovação do Plano Diretor e o Projeto Floripa Regular, que já regularizou 70 ruas

09/02/2024

FacebookWhatsAppTwitter

O prefeito Topázio Neto discursa na Câmara Municipal

 

 

Edição Scriptum com Câmara Municipal de Florianópolis

 

Ao participar nesta semana da abertura das ações legislativas de 2024 da Câmara de Vereadores de Florianópolis, o prefeito Topázio Neto (PSD) fez um balanço das iniciativas de sua gestão ao longo do ano passado. Em seu discurso, ele enfatizou seu compromisso com a capital catarinense, destacando medidas como a aprovação do Plano Diretor e o Projeto Floripa Regular, que já regularizou 70 ruas, tendo o objetivo de nomear mais mil vias até o final deste ano. Além disso, ressaltou que 50% do secretariado municipal é composto por mulheres.

“O nosso papel hoje aqui foi agradecer a cooperação de todos os vereadores no ano passado, tivemos grandes conquistas em 2023, talvez uma das principais seja a aprovação do Plano Diretor, a partir do qual, através disso começamos a fazer outras grandes conquistas Tivemos um ano muito produtivo sob o comando do vereador João Cobalchini. Fiquei muito feliz pois em uma breve conversa com os vereadores, os vi muito comprometidos com a cidade, com pautas importantes, vi todos contentes pois terão muito trabalho, e sabem que todo esforço será revertido em prol da comunidade”, destacou o prefeito.

Na conclusão, Topázio abordou encaminhamentos e projetos previstos para os próximos meses, dentre eles, o Projeto Formiguinha no Maciço Morro da Cruz. “O Projeto Formiguinha vai levar micro-ônibus para toda a comunidade do Maciço Morro da Cruz, onde, a cada 20 minutos teremos ônibus que cruzam a comunidade, fazendo com que as pessoas possam se deslocar e ter uma mobilidade com muito mais facilidade. Ele vem em março, e já está rodando nas primeiras linhas do Maciço, estamos ouvindo a comunidade, para saber que outras linhas serão necessárias a partir das duas que nós já definimos”, concluiu.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter