Loading

Pesquisar

Guarulhos (SP)

Programa troca recicláveis por alimentos

Projeto criado pela gestão do prefeito Guti (PSD) ajuda na limpeza da cidade e facilita a alimentação dos moradores

03 de jul de 2024

Guti visitou a unidade do projeto no Jardim Leblon

 

Criado pela gestão do prefeito de Guarulhos, Gustavo Henric Costa (PSD), o Guti, o programa Moeda do Bem chegou ao Jardim Leblon nesta quarta-feira (3). O bairro é o terceiro do município da Grande São Paulo a receber o projeto, que permite a troca de materiais recicláveis por alimentos como arroz, feijão, macarrão, açúcar e sal. “Nós acertamos em cheio com esse programa. Ele teve uma adesão muito boa do público e isso nos mostra que está funcionando. A cidade está ficando mais limpa e as pessoas que precisavam estão tendo acesso aos alimentos”, destaca o prefeito.

Uma das beneficiárias da iniciativa é a catadora Maria José Cristóvão, da cooperativa Coop. Reciclável, que entregou cinco quilos de recicláveis e recebeu um pacote de feijão. “Se eu fosse vender esses mesmos cinco quilos ganharia apenas R$ 1,50. Um pacote de feijão custa uns R$ 9 no mercado. Esse programa é muito importante para a cooperativa”, frisa Maria José.

Além de tornar os produtos alimentícios mais acessíveis, o Moeda do Bem ajuda na correta destinação dos resíduos em Guarulhos. Desde maio de 2023, quando foi implantado, o projeto já recebeu cerca de 9,4 mil quilos de materiais recicláveis. Esse número representa 1,9 mil quilos de alimentos entregues à população. “Os preços que a gente encontra no mercado estão muito altos, fica difícil sustentar meus filhos. Muitas vezes não consigo comprar nem um pacote de arroz em qualquer mercado com um quilo de recicláveis que eu acho na rua. No Moeda do Bem eu pego arroz e feijão ou macarrão”, comenta o catador Francisco José Pereira.

No Jardim Leblon, a cada cinco quilos de materiais entregues no Ecoponto do bairro, o morador recebe um voucher que dá direito à retirada de um quilo de alimento no Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Centenário. Ambos os equipamentos ficam na rua Araci, 188.

O programa também é realizado em outros dois bairros da cidade, o Parque das Nações e o Cabuçu, e recebe apenas papel, plástico, metal, vidro e óleo de cozinha.

 

 

 

 

Informações Partidárias

Notícias