Loading

Pesquisar

CONGRESSO

Deputado renova pedido para suspender a PEC Kamikaze

Para Nereu Crispim (PSD-RS), presidente da Frente Parlamentar dos Caminhoneiros, proposta que concede benefícios sociais e decreta estado de emergência no País é um "Frankenstein"

08 de jul de 2022

O deputado Nereu Crispim é crítico veemente da PEC

Redação Scriptum com CBN em Foco

Após o ministro André Mendonça, do Superior Tribunal Federal (STF), ter rejeitado seu mandado de segurança para suspender a tramitação da PEC Kamikaze, o deputado federal Nereu Crispim (PSD-RS) afirmou que vai entrar com novo recurso, na tentativa de levar a ação para o plenário do Tribunal. Na Câmara, a votação da proposta – que concede uma série de benefícios sociais às vésperas da eleição e decreta estado de emergência no País – foi adiada para terça-feira (12) por falta de quórum na sessão desta semana.

Em entrevista ao CBN Em Foco, o deputado gaúcho, presidente da Frente Parlamentar Mista dos Caminhoneiros Autônomos e Celetistas, criticou a proposta, a qual ele chamou de ‘Frankenstein’ para o povo brasileiro. “Vamos entrar com um recurso durante o dia para que a ação seja levada, de repente, até o plenário para votação dos outros ministros. Porque senão pode ficar uma ideia de que parece que botaram a raposa para cuidar do galinheiro”’, afirmou.

O deputado é crítico veemente da PEC. Segundo ele, o governo federal tem instrumentos para reduzir os combustíveis. A solução principal seria suspender o PPI. “O primeiro ato é o presidente Bolsonaro deixar de ser covarde e cumprir a promessa de campanha dele, que era tirar o PPI. Essa redução de ICMS, simplesmente, é um plano para afrontar o pacto federativo, ferrar com os municípios e Estados”, declarou.

O governo alega não ter apoio do Congresso para suspender a resolução, o que Crispim rebate. ‘Se eles têm o apoio para fazer essa supervotação a jato, desse Frankenstein que eles querem parir para a população brasileira, então eles que suspendam o PPI’.

Nereu ainda destacou o perfil eleitoreiro da proposta. ‘Já poderiam ter sido feitas uma série de ações a ter abreviado essa presepada que querem fazer com a população brasileira. De deixar eles refém de político eterno eleitoreiro’, disse.

Informações Partidárias

Notícias