Loading

Pesquisar

São Paulo

Governo de SP promove ‘Dia D’ contra a dengue

Coordenada pelo secretário de Saúde, Eleuses Paiva (PSD), campanha terá ações de conscientização sobre a doença e limpeza urbana em todas as regiões do Estado

26 de fev de 2024

O secretário Eleuses Paiva participa de reunião do Centro de Operações de Emergências (COE).

Redação Scriptum com Governo de São Paulo

A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, sob a gestão de Eleuses Paiva (PSD), promove na sexta-feira (1) o Dia D de Mobilização Estadual contra a dengue e outras arboviroses, como zika e chikungunya. A programação da campanha terá ações educativas e mutirões de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor dessas doenças, em todas as regiões paulistas. A iniciativa conta com os apoios da Defesa Civil, da secretaria estadual de Educação e do Exército brasileiro, que passou a integrar o Centro de Operações de Emergências (COE).

O efetivo de militares será distribuído de acordo com a necessidade e situação epidemiológica de cada município. Todos os profissionais serão capacitados pela Secretaria de Saúde e vão participar de ações de limpeza urbana e conscientização da população. As atividades do Dia D foram definidas em reunião promovida pelo COE na sexta-feira (23). “Estamos avançando nas ações contra a dengue. Destinamos mais de R$ 205 milhões aos municípios paulistas para o combate às arboviroses e agora vamos contar com o apoio fundamental do Exército nas ações. É hora de juntarmos esforços por um bem maior, que é a população paulista”, afirma Eleuses.

O governo estadual vai lançar nesta semana o portal Dengue100Dúvidas, com os 100 questionamentos mais comuns sobre a dengue, a zika e a chikungunya respondidos por profissionais de saúde. O Estado também vai disponibilizar, para todas as prefeituras, o material on-line da campanha A água mais mortal pode estar no seu quintal. O conteúdo será distribuído para escolas estaduais, municipais e particulares.

Além dos recursos destinados aos municípios por meio do programa IGM SUS Paulista, o governo estadual disponibilizou cerca de 600 equipamentos portáteis para que as prefeituras realizem ações de nebulização, conhecidas como “fumacê”. O Estado promoveu, ainda, ações educativas em escolas, rodovias e pontos de intenso fluxo de pessoas, como estações de trem e metrô.

Para agilizar o resultado dos testes de dengue e melhorar o controle epidemiológico, a partir desta quarta-feira (28), o Instituto Adolfo Lutz vai iniciar a automatização dos exames.

Informações Partidárias

Notícias