Loading

Pesquisar

Ciência

Ministro Kassab apoia investimento em tecnologia no Rio Grande do Norte

Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações disse que Parque Tecnológico pode ajudar o desenvolvimento do Estado e se tornar referência na região

27 de jun de 2016

Kassab no RN

O ministro Kassab: “Assumo o compromisso de colaborar com o desenvolvimento do projeto e incentivar o potencial econômico do Estado em diversas áreas, com ênfase no biodiesel, energia eólica e mineração.”

Na presença do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), apresentou em Natal, na manhã desta segunda-feira (27), o projeto do Parque Tecnológico do RN PotyPark, um empreendimento voltado para conhecimento científico, desenvolvimento de pesquisas e geração de emprego e renda. O anúncio foi feito durante o seminário “UFRN e os Parques Tecnológicos: Inovação para o desenvolvimento”, promovido pelo Sistema FIERN, no auditório da Casa da Indústria em Natal.

O ministro Gilberto Kassab falou sobre os desafios e oportunidades com a criação de um parque tecnológico no RN. “Nos próximos dias irei me reunir com a equipe do governo para definir o cronograma de trabalho. Assumo o compromisso de colaborar com o desenvolvimento do projeto e incentivar o potencial econômico do Estado em diversas áreas, com ênfase no biodiesel, energia eólica e mineração. Vamos trabalhar em parceria com o governo, instituições públicas e iniciativas privadas para tornar o PotyPark em uma referência na região Nordeste”, explicou Kassab.

No evento, o ministro destacou dados de um estudo sobre indicadores de parques tecnológicos realizado pelo MCTIC em parceria com o Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Universidade de Brasília em 2013. As 80 unidades consultadas na ocasião tinham 939 empresas instaladas, sendo a maior parte nas regiões Sul (373), Nordeste (303) e Sudeste (230). O Centro-Oeste e o Norte, juntos, abrigavam 33 empresas.

“Aqui no Rio Grande do Norte há muito por fazer. É um dos Estados do Nordeste ainda sem parque tecnológico e que, nos últimos anos, tem recebido poucos investimentos em pesquisa e inovação. A nossa disposição é reverter esse cenário. Vamos buscar instrumentos para isso na Finep [Financiadora de Estudos e Projetos], no BNDES [Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social] e em outros organismos de apoio”, afirmou.

Kassab disse ainda que o MCTIC e governo estadual vão definir os setores econômicos que serão instalados no parque tecnológico. “Ele terá a particularidade de atender às vocações do estado, com pesquisa, por exemplo, de energia eólica, biocombustíveis, pedras preciosas e sais minerais. Enfim, a ideia é identificar possibilidades e criar núcleos vinculados a cada uma delas.”

Atualmente, o Brasil possui 96 iniciativas de parques tecnológicos – 29 em operação, 27 em implantação e 40 em projeto. O MCTIC criou em 1998 e reformulou em 2005 o Programa Nacional de Apoio às Incubadoras de Empresas e aos Parques Tecnológicos (PNI), com objetivo de fomentar maior aproximação entre academia e indústria.

Durante o seminário, Robinson Faria anunciou as obras do PotyPark para o mês de setembro. “Vamos transformar grandes ideias em negócios de sucesso, gerando riquezas para o Estado. Além disso, o espaço vai dar suporte tecnológico a cadeias produtivas como as energias renováveis, pesca oceânica, fruticultura e carcinicultura. É um legado de mais de R$ 90 milhões que vai garantir o futuro das próximas gerações. Nossa meta é entregar o parque em 2018”, afirmou o chefe do executivo potiguar. O Parque Tecnológico do PotyPark será instalado na região da Praia de Pitangui no Litoral Norte do Estado.

A Reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Ângela Paiva, garantiu a contribuição da instituição com a pesquisa e capacitação de profissionais. “Temos projetos acadêmicos que podem ser colocados em prática e trazer benefícios econômicos e sociais para população”, disse a reitora.

Também participaram do seminário o vice-presidente da FIERN, Terceiro Melo, o Senador da República, Garibaldi Alves, o Prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, os secretários estaduais Juliska Azevedo de Comunicação; Flávio Azevedo, do Desenvolvimento Econômico; Maiton França, dos Recursos Hídricos e Canindé de França dos Esportes.

Motores do Desenvolvimento

O Projeto “Os Motores do Desenvolvimento do Rio Grande do Norte” foi criado para apresentar uma série especial de suplementos e seminários que pretende liderar um processo de discussão sobre os motores do desenvolvimento da economia do RN, levando à sociedade informação de qualidade sobre o presente e o futuro.

O “Motores do Desenvolvimento” é um projeto realizado em parceria entre o jornal Tribuna do Norte e Sistema FIERN, desenvolvido em parceria com a Fecomércio, UFRN, RG Salamanca Investments e com o apoio do Governo do Estado.

Informações Partidárias

Notícias