Loading

Pesquisar

Municípios

Mogi Guaçu (SP) inaugura estação de tratamento de esgoto

Prefeito Rodrigo Falsetti (PSD) entrega primeira etapa da obra, que vai beneficiar cerca de 60 mil moradores. Atual governo finalizou trabalho iniciado por outra gestão em 2007

18 de dez de 2023

Ao todo, o governo municipal vai investir R$ 22 milhões na ETE dos Ypês

Redação Scriptum com Prefeitura de Mogi Guaçu

Em Mogi Guaçu, município de 153 mil habitantes do interior do Estado de São Paulo, o governo do prefeito Rodrigo Falsetti (PSD) inaugura nesta terça-feira (19), a partir das 9h, o primeiro módulo da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) dos Ypês. Iniciada em 2007, a obra foi paralisada diversas vezes por problemas de gestões anteriores com empreiteiras. “Esta é mais uma obra importante de saneamento básico para a cidade. Com a entrega desta primeira fase da ETE dos Ypês, iremos tratar o esgoto das regiões Norte e Leste de Mogi Guaçu, nas quais residem cerca de 50 a 60 mil guaçuanos”, afirma o prefeito.

Retomada no início deste ano, a obra é divida em duas etapas e está sendo executada pelo Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE). “Quando toda a ETE dos Ypês entrar em operação, Mogi Guaçu terá capacidade de tratar 99% dos efluentes, considerando que a ETE da Avenida Brasil já trata o esgoto das regiões Leste, Oeste, Sul e central pelo novo sistema de lodo ativado, que foi inaugurado em fevereiro de 2022”, ressalta o superintendente da autarquia, Mario Zaia.

Ao todo, o governo municipal vai investir R$ 22 milhões na ETE dos Ypês, verba conquistada com a Caixa Econômica Federal (CEF), o Orçamento Geral da União (OGU) e contrapartida do SAMAE. A estação receberá o nome do ex-funcionário da autarquia José Luis Bernardes, morto em agosto.

Informações Partidárias

Notícias