Loading

Pesquisar

Municípios

Olímpia (SP) recebe recursos para obras do aeroporto internacional

Município administrado por Fernando Cunha (PSD) terá R$ 104 milhões do Governo Federal

02 de jan de 2024

Com uma pista de mais de 2 mil metros de extensão, expectativa é de que aeroporto tenha capacidade para cerca de 500 mil operações por ano

Redação Scriptum com Prefeitura de Olímpia

O prefeito de Olímpia, Fernando Cunha (PSD), conseguiu mais uma importante conquista para concretizar a implantação do Aeroporto Internacional do Norte Paulista, considerado o principal projeto estruturante para o futuro da cidade e de toda a região.

O município acaba de garantir junto ao Governo Federal recursos de R$ 104 milhões para as obras. O valor foi incluído no Orçamento da União de 2024, cujo Projeto da Lei Orçamentária Anual (PLN 29/2023) foi votado e aprovado pelo Congresso Nacional na sessão do dia 22 de dezembro.

“Recebemos com muito orgulho e entusiasmo a notícia da aprovação do orçamento federal com a destinação de mais de R$ 100 milhões para Olímpia” disse o prefeito. “Nossa gratidão a todos que contribuíram com este feito que, mais do que colocar Olímpia como um destino nacional e latino-americano, disponibilizará a todo Norte paulista um fator logístico estruturante para o desenvolvimento da região”.

Segundo o prefeito Fernando Cunha, a inclusão do projeto que beneficia Olímpia no orçamento da união é fruto de um trabalho conjunto de gestão da bancada de deputados federais que representam o Estado de São Paulo no Congresso.

Em setembro, a Prefeitura formalizou a aquisição da área com a assinatura da compra do terreno após o prefeito Fernando Cunha ter conseguido junto ao INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) a certidão de regularização da área.

O local de construção do aeroporto corresponde a uma área de mais de 200 hectares de terra, localizada às margens da Rodovia Assis Chateaubriand, no imóvel rural denominado “Cruz Alta”, nas fazendas “Olhos D’Água” e “São Domingos”, entre Olímpia e São José do Rio Preto. Os investimentos para a aquisição do terreno foram de mais de R$ 19 milhões, definidos após avaliação da Comissão de Bens e Imóveis, como um valor justo do mercado imobiliário, considerando ainda a situação financeira sólida da Prefeitura e a posterior valorização da área, que ampliará o patrimônio do município.

Com outorga de concessão de 35 anos autorizada pela União, por meio da Secretaria Nacional de Aviação, em 2021, a proposta do novo aeroporto atende os estudos de viabilidade contratados pela Prefeitura, que mostram uma projeção regional para um horizonte até 2038, considerando a necessidade de ampliação da capacidade atual do aeroporto de São José do Rio Preto e um fluxo futuro estimado em mais de 6 milhões de visitantes em Olímpia. Com uma pista de mais de 2 mil metros de extensão, apropriada para aviões de grande porte, a expectativa é de que o aeroporto tenha capacidade para cerca de 500 mil operações por ano, podendo receber, futuramente, até voos da América Latina.

As tramitações para concretização do aeroporto de Olímpia, que é uma das pautas de maior destaque da atual gestão, têm contado também com o apoio de importantes lideranças com as quais o prefeito tem se reunido nos últimos meses, como o secretário estadual de Governo, Gilberto Kassab, e o ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, que reconhecem a magnitude do projeto para desenvolver ainda mais um dos maiores polos turísticos do estado, como destacado, inclusive, na justificativa da emenda apresentada ao projeto de lei do orçamento anual.

Informações Partidárias

Notícias