Loading

Pesquisar

MUNICÍPIOS

Paraibuna (SP) combate criminalidade com videomonitoramento

Prefeito do PSD inaugura Centro de Segurança e Inteligência (CSI) e implanta sistema com 77 câmeras; equipamentos foram instalados em locais estratégicos da cidade

06 de fev de 2024

O prefeito Victor Miranda: “São cerca de R$ 500 mil de investimento a custo zero. É mais economia para os cofres públicos”

Redação Scriptum com Prefeitura de Paraibuna

A gestão do prefeito de Paraibuna, Victor Miranda (PSD), implantou o Centro de Segurança e Inteligência (CSI) Coronel Orlando Aurélio Santos, que vai reforçar o combate à criminalidade no município do interior do Estado de São Paulo. O sistema é composto por 77 câmeras de videomonitoramento, que funcionam 24 horas por dia na cidade, com população estimada pelo IBGE em 17 mil habitantes. Em parceria com a Polícia Militar, a prefeitura instalou os equipamentos em locais estratégicos. “Para decidir onde cada câmera ficaria, foi feita uma análise técnica. Foram definidos quais os pontos críticos e justificados, um a um”, explica Victor.

Ao todo, a prefeitura investiu R$ 1,4 milhão na compra e na instalação das câmeras, além da estruturação da sede do CSI. inaugurada no último dia 31. “Conseguimos R$ 400 mil em empréstimo com instituição financeira, R$ 600 mil são recursos provenientes do leilão de sucatas e R$ 400 mil são recursos próprios. Conseguimos, ainda, através da parceria com a NipBR (empresa do setor de telecomunicações), dois anos de internet grátis para os 77 pontos. São cerca de R$ 500 mil de investimento a custo zero. É mais economia para os cofres públicos”, disse o prefeito.

Caso seja necessário, o CSI vai mandar alertas imediatos para o terminal de dados das viaturas da Polícia Militar e para o Centro de Operações da PM em São José dos Campos, município governado pelo prefeito Anderson Farias, também filiado ao PSD. O coronel Hugo Araújo Santos, responsável pelo Comando de Policiamento do Interior–1, ressaltou que o sistema vai otimizar o trabalho dos policiais e garantir mais segurança à população. “Antigamente, se tinha uma, duas, três patrulhas rodando pela cidade, o policial só enxergava o que estava ao alcance da vista dele durante o patrulhamento. Hoje ele tem uma central de monitoramento com 77 câmeras, que vai fornecer informações.”

O CSI conta com tecnologia que permite a identificação facial e a realização de buscas baseadas em informações como a cor da roupa de uma pessoa, por exemplo. As câmeras capturam imagens em 360 graus, possibilitam a leitura de placas, cores e modelos de automóveis e são integradas à plataforma Detecta, do governo do Estado de São Paulo.

O centro vai auxiliar o trabalho de agentes de trânsito e fiscais de posturas do município. Situações como atropelamentos, desrespeito às leis e à sinalização de trânsito, despejos de lixo em locais irregulares e abandono de animais serão registradas pelas câmeras.

Informações Partidárias

Notícias