Loading

Pesquisar

ESTADOS

PSD de Goiás comemora destaque de suas lideranças

Pesquisa mostrou que três líderes do PSD-GO estão entre os mais influentes no Estado. São eles: senador Vanderlan Cardoso, deputado federal Francisco Júnior e a vereadora de Goiânia Sabrina Garcez

01 de fev de 2022

A vereadora Sabrina Garcez, o deputado Francisco Junior e o senador Vanderlan Cardoso

Redação Scriptum com NTH-Notícia Toda Hora

O presidente do PSD de Goiás, ex-deputado federal Vilmar Rocha, comemorou o resultado da pesquisa realizada para a 12ª edição do Prêmio Mais Influentes da Política em Goiás, da Contato Comunicação. No levantamento, três representantes do partido se destacaram: o senador Vanderlan Cardoso obteve 47,6% dos votos na categoria “Senador Mais Influente”; Francisco Júnior foi o deputado federal mais votado com 27,6%; e, entre os vereadores de Goiânia, Sabrina Garcez ficou em primeiro lugar com 16,7% dos votos.

“Isso mostra que o PSD é um dos principais partidos do Estado, com bons quadros, representantes atuantes e com capacidade de influenciar e melhorar a vida dos goianos”, afirmou o líder do PSD de Goiás. O júri da premiação é composto por jornalistas, dirigentes de entidades, artistas, empresários, médicos, publicitários e advogados.

Além das categorias citadas, a premiação também aponta os melhores políticos em áreas específicas como educação, saúde, segurança pública, habitação, cultura e turismo, entre outras, e também elege os melhores prefeitos e deputados estaduais.

Meirelles

Outro representante do partido que vem se destacando no cenário político goiano é o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles, pré-candidato a senador pelo Estado nas eleições deste ano. Pesquisa realizada pelo instituto Serpes a pedido da Acieg (Associação Comercial e Industrial do Estado de Goiás), mostrou que o ex-ministro tem 11,1% das intenções de votos para o cargo, sendo o segundo colocado no levantamento, realizado entre os dias 21 e 24 de janeiro.

O ex-governador Marconi Perillo (PSDB) lidera a disputa com 16,6% das intenções de voto. Diante da lista com nove pré-candidatos, 37% dos eleitores afirmaram estar indecisos e 12,1% responderam que anulariam o voto. Marconi, que ainda não definiu o cargo que disputará, tem a maior rejeição na disputa ao Senado, com 24,7%. A rejeição a Meirelles é de 5,5%.

Informações Partidárias

Notícias