Loading

Pesquisar

Estados

PSD-GO mostra força em encontro com Meirelles e Kassab

Os ex-ministros se reuniram com lideranças do partido em Goiás e conversaram também com o governador Ronaldo Caiado e representantes do Legislativo. Um dos temas foram as eleições do ano que vem

28 de jun de 2021

O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, o ex-ministro Henrique Meirelles e lideranças do partido em Goiás.

O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, o ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o presidente estadual da legenda, Vilmar Rocha, o senador Vanderlan Cardoso e o deputado federal Francisco Júnior, além de prefeitos e vereadores, se reuniram em grande evento na tarde de sexta-feira (25), em Goiânia. Na pauta, articulações visando as eleições de 2022.

Após o encontro, os líderes do partido estiveram no Palácio das Esmeraldas, sede do governo goiano, para uma visita ao governador Ronaldo Caiado. Eles seguiram depois para a Assembleia Legislativa, onde se encontraram com o presidente da Casa, Lissauer Vieira, e deputados do PSD. Lissauer pode se filiar à legenda.

Pré-candidato do partido ao Senado, Henrique Meirelles foi o foco principal do dia. A expectativa do partido é que sua candidatura ajude na eleição de bancadas fortes na Assembleia e na Câmara. Durante o evento, Meirelles comentou que tem mantido contato com Goiás por meio de reuniões virtuais, e que este é o primeiro encontro de uma série presencial. “Minha convivência com Goiás sempre existiu, manteve-se firme, e agora acontece de uma forma mais direta”, afirmou.

Ele disse ainda que, caso seja eleito senador, vai usar toda sua experiência para contribuir com o desenvolvimento do Estado. “Tenho grande honra de representar Goiás”, afirmou, referindo-se também aos cargos nacionais que ocupou nos últimos anos: ministro da Fazenda no governo Temer e presidente do Banco Central nos dois governos Lula.

Meirelles foi questionado sobre recente encontro que teve com o presidente estadual do MDB, Daniel Vilela. Daniel está conversando com o governador Ronaldo Caiado para aliança que pode resultar em seu nome como vice na chapa da reeleição. A presença na mesma chapa, como candidato a senador, é o que busca Meirelles. “Recebi a visita dele (Daniel) em São Paulo e conversamos bastante”, explicou, sem dar pistas de diálogo político para 2022.

Gilberto Kassab e Henrique Meirelles explicaram às lideranças e jornalistas que o futuro do partido em uma possível composição de chapa ainda será discutida, e que não há nada definido sobre o rumo a ser tomado. O projeto do partido é ter candidato próprio a presidente, asseguraram. Sobre Goiás, o tom geral no evento é o de que há conversas em andamento, mas nada fechado. A aliança com o governador é o objetivo principal, hoje.

Projeto

Vilmar Rocha, em seu discurso, lembrou que Meirelles foi um dos fundadores do partido e garantiu que o ex-ministro terá espaço assegurado pela legenda para ser candidato a senador. “No momento oportuno vamos reunir todas as lideranças e definir nosso projeto majoritário”, disse, acrescentando sobre uma candidatura de Meirelles ao Senado: “Todo o partido está unido nessa causa.”

O senador Vanderlan Cardoso também falou sobre as projeções políticas para 2022. A Meirelles disse, diretamente: “Você sem dúvida será senador de Goiás e eu terei quatro anos trabalhando junto, aprendendo com você, no Senado.”

Informações Partidárias

Notícias