Loading

Pesquisar

ESTADOS

Raimundo Colombo destaca avanço tecnológico de SC

O ex-governador de Santa Catarina comemora os cinco anos do Centro de Inovação de Lages e lembra os resultados econômicos e sociais de políticas adotadas durante sua gestão, entre 2011 e 2018

29 de jun de 2021

O ex-governador Raimundo Colombo: “O ecossistema de tecnologia catarinense é o sexto maior do país, com mais de 12 mil empresas.”

Em suas redes sociais, o ex-governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD), comemorou esta semana o aniversário de cinco anos do Centro de Inovação do Orion Parque Tecnológico, localizado em Lages, na região da Serra Catarinense. Inaugurado durante o segundo mandato de Colombo no Governo do Estado, esse importante polo da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) é o principal vetor de transformação criativa e tecnológica da região serrana.

Desde sua criação, já promoveu o desenvolvimento de mais de 50 empresas e startups de diversos segmentos, que, juntas, já faturaram mais de 200 milhões de reais.

Em suas redes sociais, o ex-governador catarinense destacou os resultados. “Há poucos dias estive ali e fiquei muito feliz com os avanços. A cultura inovadora tem contribuído para o desenvolvimento regional, com o trabalho integrado de acadêmicos, empresários, entidades governamentais e a comunidade, gerando empregos e renda”.

Centro de Inovação já promoveu o desenvolvimento de mais de 50 empresas e startups de diversos segmentos

E ele explicou a origem do projeto. “Trouxemos o modelo dos centros de inovação da Catalunha, na Espanha, onde estivemos em 2011. Com pouco mais de 1% do território nacional, Santa Catarina precisava alavancar novos setores da economia, gerar mais empregos e renda, mas sem gerar impactos ambientais e sociais. Por isso decidimos investir na área de tecnologia, para promover qualidade de vida, modernizar a economia e fortalecer o modelo catarinense de distribuição demográfica, que faz toda a diferença em favor do Estado e que garante oportunidades iguais”.

Raimundo Colombo explicou ainda que, depois de Lages, no mesmo programa, vieram os centros de Jaraguá do Sul, Videira, Caçador, Joinville, Florianópolis, Chapecó, Joaçaba e Blumenau. “Projetamos e firmamos parcerias importantes. O ecossistema de tecnologia catarinense é o sexto maior do país, com mais de 12 mil empresas. O setor soma 56,5 mil colaboradores e representa 5,9% do PIB catarinense”.

Informações Partidárias

Notícias