Loading

Pesquisar

ESTADOS

Sergipe terá novo Hospital da Criança em outubro

O governador Belivaldo Chagas (PSD) visitou a nova estrutura que vai ampliar a oferta de leitos pediátricos no Estado. A dificuldade agora, ressaltou, é encontrar pessoal especializado em saúde infantil

23 de set de 2021

O governador Belivaldo Chagas cumprimenta funcionários do Hospital da Criança

Com inauguração prevista para o mês que vem, o Hospital da Criança de Sergipe vai ampliar a oferta de leitos pediátricos no Estado, oferecendo mais qualidade e agilidade no atendimento às crianças. O governador Belivaldo Chagas (PSD) realizou uma visita técnica à unidade na manhã de quinta-feira (23) e destacou sua satisfação com a obra. “A sensação é de um sonho realizado. Inicialmente havíamos previsto a entrega essa semana, mas estamos com dificuldade para encontrar profissionais de saúde na área de pediatria e de cirurgia pediátrica. A expectativa é que, até o meio de outubro, a gente consiga fechar a escala de profissionais e efetivamente entregar o hospital, que será totalmente humanizado”, afirmou Belivaldo.

Quase 300 profissionais da saúde das mais diversas especialidades irão atuar no Hospital da Criança, além de profissionais da limpeza, recepção e administrativo. Os profissionais que atuarão na unidade estão em processo de contratação. Já foram contratados, por exemplo, 35 profissionais médicos, entre pediatras infantil, cardiologista, neurologista, infectologista, cirurgião pediátrico, ortopedista, anestesista, entre outros. Mais 49 médicos devem ser contratados para preencher a necessidade do hospital.

A implantação do Hospital da Criança objetiva ampliar a oferta de leitos por demandas espontâneas e referenciadas de urgências pediátricas, nas especialidades clínicas e cirúrgicas. O HC favorece, também, uma linha de cuidados qualificados, com acesso humanizado e integral aos usuários de forma ágil e oportuna, buscando sempre o acolhimento com classificação de risco com resolutividade e responsabilidade.

O Hospital da Criança é caracterizado por ser porta de entrada hospitalar de urgência prestando atendimento pediátrico ininterrupto nas 24h/dia, em todos os dias da semana, ao conjunto de demandas espontâneas e referenciadas, de baixa e média complexidade, em crianças com idade a partir de 29 dias até 12 anos, 11 meses e 29 dias.

A unidade recebeu um investimento de R$ 5,4 milhões e contará com 46 leitos de diversas especialidades e centro cirúrgico com duas salas cirúrgicas e três leitos de recuperação pós-anestésica. A secretária de Saúde, Mércia Feitosa, ressalta que “o investimento foi em toda a estrutura física e em equipamentos”. Segundo ela, a dificuldade em contratar pessoal decorre da escassez de especialistas no Estado e a preocupação do governo estadual é garantir o atendimento “24 horas por dia, sete dias por semana”.

Informações Partidárias

Notícias